Governadores do Nordeste se reúnem com ministro para debater inclusão da Sputnik V no PNI

Camilo Santana participa do encontro. Ministro da Saúde pretende formalizar um contrato com os estados que compraram a vacina russa

Frasco da vacina
Legenda: A vacina Sputnik V foi desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia
Foto: Said Khatib/AFP

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, agendou reunião com os governadores do Norte e Nordeste para solicitar a inclusão das 37 milhões de doses da vacina russa Sputnik V, que foram custeadas pelos estados, no Plano Nacional de Imunização (PNI). 

As informações são da colunista Bela Megale, do O Globo. A reunião estava marcada para as 17 horas. O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), participará por videochamada, conforme informou a assessoria.

O objetivo de Queiroga é formalizar um contrato entre o Ministério da Saúde e os estados. 

Segundo o jornal, o governador do Piauí e presidente do Consórcio do Nordeste, Wellington Dias, se reunirá presencialmente com o ministro, em Brasília. 

Vacinas compradas pelo Nordeste

O Ceará e outros oito estados solicitaram autorização excepcional para importação e distribuição da vacina russa à Anvisa no início de abril. Nesta segunda-feira (19), o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou o Ceará a importar e distribuir doses se a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não oficializar uma resposta à solicitação do Estado até o dia 29 de abril.

O Governo do Estado assinou contrato que permite a compra direta da Sputnik V em 19 de marçoA negociação faz parte do acordo feito pelo Consórcio Nordeste, grupo formado pelos nove estados da região, que fechou, em 12 de março, a compra dos 37 milhões de doses da vacina russa.

A Assembleia Legislativa aprovou, em 16 de março, o projeto de lei que autoriza a compra do imunizante. A negociação direta por estados e municípios foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal, em caso de descumprimento do Plano Nacional de Imunização (PNI) e também está prevista em lei sancionada.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política