Ex-prefeito de Juazeiro do Norte morre vítima de Covid-19

Carlos Cruz estava internado em um hospital privado de Fortaleza e faleceu na noite dessa quarta-feira

Carlos Cruz
Legenda: Político morreu aos 88 anos após ser diagnosticado com Covid-19
Foto: Reprodução/Redes sociais

Morreu aos 88 anos, na noite dessa quarta-feira (27), o ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Carlos Alberto da Cruz, após agravamento do quadro de saúde em função da Covid-19. O falecimento foi confirmado via redes sociais pela filha do gestor e ex-candidata a prefeita do município, Ana Paula Cruz, que lamentou a perda.

"Com profundo pesar e tristeza no coração, comunico falecimento do nosso pai, no Hospital Otoclínica, em Fortaleza, por complicações no tratamento da Covid-19", disse. 

Carlos Cruz nasceu no dia 3 de dezembro de 1932 em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri. Na vida pública, foi vereador, prefeito do município por dois mandatos seguidos (1998 a 2004) e deputado estadual por cinco mandatos. 

Ele estava internado desde o último dia 20 de janeiro em uma unidade de saúde particular da Capital, quando recebeu o diagnóstico de Covid-19. O ex-político deixa esposa, filhos e netos. O local do sepultamento não foi divulgado.

"A nossa família agradece as sinceras manifestações de condolências enviadas pelos amigos e que Deus, em infinita bondade, nos conforme nesse momento difícil", ponderou Ana Paula Cruz no comunicado.

No início desta tarde, houve um cortejo pelas ruas de Juazeiro do Norte. Em seguida, ocorreu uma homenagem no Centro de Velório. Depois, haverá o sepultamento. 

enterro
Legenda: Um cortejo ocorreu na tarde desta quinta-feira (28)
Foto: Arnaldo Araújo

Outros casos

O ex-prefeito de Sobral, Ricardo Barreto, também faleceu em decorrência do novo coronavírus SARS-CoV-2 na última segunda-feira (25). No pleito de 2020, ele apoiou Oscar Rodrigues (MDB), então candidato da oposição à Prefeitura de Sobral.

Já no dia 20 de janeiro, o prefeito eleito de Ereré, Otoni Queiroz (PDT), também perdeu a vida para a doença pandêmica. O pedestista estava internado desde o dia 10 de dezembro do ano passado. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política