Em nota, Temer diz que Brasil está na 'maior crise da sua história' e pede responsabilidade

O ex-presidente ressaltou que o momento demanda equilíbrio e responsabilidade

Legenda: Para o ex-presidente, que sucedeu Dilma Rousseff no cargo após processo de impeachment, o momento demanda equilíbrio e responsabilidade
Foto: Foto: Agência Brasil

O ex-presidente Michel Temer divulgou uma nota na qual afirma que o País atravessa no momento "a maior crise da sua história", por juntar, ao mesmo tempo, problemas sanitários, econômicos e políticos. Para o ex-presidente, que sucedeu Dilma Rousseff no cargo após processo de impeachment, o momento demanda equilíbrio e responsabilidade.

Temer se pronunciou após o ministro Sergio Moro pedir demissão da pasta da Justiça e Segurança Pública, nesta sexta-feira (24).

> INÁCIO AGUIAR: Tiros de Moro atingem o Palácio do Planalto
> Da promessa de carta branca à interferência na PF: as principais frases do discurso de Moro
> Diretor da Abin é cotado para chefiar a Polícia Federal
> Mais grave 'são os fatores alegados pelo ministro', diz Camilo sobre demissão de Moro
> Com saída de Moro, ministro amigo de Bolsonaro é o mais cotado para assumir Justiça
> Bancada cearense repercute nova crise no governo Bolsonaro
> Polícia Federal "resistirá à politicagem", afirma secretário André Costa após declarações de Moro


"O Brasil está atravessando a maior crise da sua história. Sanitária, econômica e agora uma crise política. Para crise sanitária e econômica precisamos de união, solidariedade e muita energia. Para crise política as palavras-chave são equilíbrio e responsabilidade. Só assim sairemos maiores de todas elas", escreveu Temer.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política

Assuntos Relacionados