Comissão define nova alternativa para que policiais amotinados encerrem paralisação

A proposta deverá ser debatida entre os PMs ainda neste domingo (1º)

Legenda: Comissão especial define nova proposta para apresentar aos PMs amotinados
Foto: José Leomar

Uma nova proposta para tentar encerrar a paralisação de parte dos policiais militares do Ceará foi definida neste domingo (1º) pela comissão especial formada por membros dos três poderes e representantes dos PMs na tentativa de conter a crise. 

Os agentes que ainda permanecem no 18º Batalhão da Polícia Militar devem votar ainda neste domingo a respeito da nova alternativa proposta pela comissão. 

O conteúdo da nova proposta ainda não foi revelado. Segundo o deputado Evandro Leitão, representante do poder legislativo, o teor da alternativa deve ser de conhecimento primeiro dos policiais amotinados.

Paralisação

Os militares reivindicam aumento salarial acima do proposto pelo governador Camilo Santana.

Em 13 dias de motim dos policiais, ocorreram, pelo menos, 237 homicídios. Os assassinatos são refentes ao período de 19 a 25 de fevereiro, já que a Secretaria da Segurança Pública do Ceará deixou de divulgar o número oficial de homicídios.

O que está em jogo em relação ao fim do motim são as regras das punições aos envolvidos. Todos estão cientes de que não haverá anistia.