Após 13 anos na suplência, empresário toma posse como vereador de Fortaleza pela 1ª vez

Luiz Sérgio assume durante quatro meses, após licença de parlamentar. Ele disputa eleições desde 2008

Câmara Municipal de Fortaleza
Legenda: O empresário irá tomar posse nesta quinta (17) e permanece como vereador de Fortaleza nos próximos quatro meses
Foto: Érika Fonseca

Após 13 anos consecutivos de suplência em mandatos legislativos, toma posse como vereador de Fortaleza, nesta quinta-feira (17),  o empresário Luiz Sérgio (PSD), que obteve 5.768 votos. 

A troca na Câmara Municipal de Fortaleza ocorre após aprovação do pedido de licença do veterano José Freire, do mesmo partido, que fica afastado por 120 dias, alegando motivos particulares. 

Aos 53 anos, essa é a primeira vez que o suplente assumirá um mandato parlamentar. Ele concorreu à uma vaga na Câmara em 2008, 2012, ao cargo de deputado estadual em 2014 e mais duas vezes ao parlamento municipal, em 2016 e 2020.  

Luiz Sergio, que tem base eleitoral no bairro Mondubim, também disputou a eleição para Conselheiro Tutelar na Capital, em 2012, e exerceu a função por dois mandatos.

Histórico 

Ligado às causas ambientais e sociais como habitação, saúde do idoso e juventude, ele esteve nesta quarta-feira (16) na Câmara, e se reuniu com o presidente Antônio Henrique (PDT), com quem teve “uma conversa amistosa”, relatou.

Luiz Sérgio
Legenda: Disputando mandatos legislativos desde 2008, Luiz Sérgio irá assumir o mandato após 13 anos na suplência
Foto: Reprodução
  

Empresário no setor gastronômico e na construção civil, o suplente diz ter a intenção de fazer um mandato participativo. “Vamos permanecer aprovando projeto do Executivo que forem em benefício do município de Fortaleza”, salientou.   

O PSD tem ainda na Câmara o vereador PP Cell, que está no primeiro mandato. 

Convite à suplência

Antes da licença, José Freire aproveitou para defender, na tribuna da Casa, que outros parlamentares também deem espaço aos suplentes. 

“Nós temos que tirar licença para o suplente. Estou muito feliz, vou estar sempre à disposição dos colegas. Eu estou tirando (a licença) porque sou muito partidário, gosto muito de ajudar o partido. Já fui suplente por duas vezes, nunca assumi e nunca me chamaram”, salientou o parlamentar, que se afasta por quatro meses. 
José Freire (PSD)
Vereador de Fortaleza

Outros suplentes

A saída de dois vereadores do Poder Legislativo para o assumir cargos no Executivo Municipal efetivou, ainda em abril, mudou a composição da Câmara Municipal de Fortaleza.

A confirmação de nomeações para o comando das secretarias regionais da Gestão Sarto promoveu mudanças na composição da Casa Legislativa, ampliando o número de aliados contemplados pela Prefeitura da Capital. 

Os vereadores Michel Lins (Cidadania) e Raimundo Filho (PDT) assumiram duas das 12 regionais de Fortaleza.

Com a saída de Michel Lins para assumir o comando da Regional 3 (13 bairros), assumiu a vaga na Câmara o suplente Pedro França, também do Cidadania, após ter disputado um cargo eletivo pela primeira vez em 2020.

Na vaga de Raimundo Filho – que assumiu a Regional 11 (13 bairros) -, assumiu cadeira no Legislativo o segundo suplente, Didi Mangueira (PDT), que já foi vereador por três mandatos na Capital. Em 2020, ele ficou na suplência, tendo recebido 7.627 votos. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política