Veja resultado da 1ª fase da seleção para agentes de microcrédito no Ceará

A segunda fase da seleção ocorrerá nos próximos dias 11 a 14 de maio

Pessoa conta o dinheiro e anota cálculos
Legenda: Os selecionados atuarão em diversas regiões do Ceará
Foto: José Wagner / Governo do Ceará

O resultado da 1ª fase do processo seletivo para as vagas de agente de Microcrédito e supervisor de Crédito do Programa Ceará Credi, do Governo do Estado, foi divulgado nesta quarta-feira (5). Segundo o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), 3.392 pessoas concorreram. 

A segunda fase da seleção ocorrerá nos próximos dias 11 a 14 de maio, através de uma formação com os participantes, na modalidade à distância.

Ao todo, são 104 vagas para contratação imediata, sendo 96 para agentes e oito para supervisores. 

Veja detalhes sobre os cargos

Agente de Microcrédito

  • Lotação: Coordenação de Formação Profissional e Empreendedorismo - IDT;
  • Número de vagas: 96, distribuídas nas Regiões de Planejamento do Ceará;
  • Carga horária: 200 horas mensais;
  • Salário bruto: R$ 1.427,85
  • Natureza do contrato de trabalho: Tempo indeterminado
  • Regime de trabalho: Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT)
  • Veja edital completo

Supervisor de Crédito

  • Lotação: Coordenação de Formação Profissional e Empreendedorismo - IDT;
  • Número de vagas: 8, distribuídas nas Regiões de Planejamento do Ceará;
  • Carga horária: 200 horas mensais;
  • Salário bruto: R$ 1.952,01
  • Natureza do contrato de trabalho: Tempo Indeterminado
  • Regime de trabalho: Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT)
  • Veja edital completo

Os selecionados atuarão nessas regiões:

  • Fortaleza
  • Cariri
  • Centro-Sul
  • Litoral Norte
  • Serra da Ibiapaba
  • Sertão de Sobral
  • Maciço de Baturité
  • Sertão Central
  • Litoral Oeste
  • Vale do Curu
  • Sertão de Canindé
  • Sertão dos Crateús
  • Sertão dos Inhamuns
  • Litoral Leste
  • Vale do Jaguaribe

O que é o programa 

Operacionalizado pela Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), em parceria com o Instituto E-dinheiro Brasil, o Programa Ceará Credi vai conceder crédito a microempreendedores formais e informais, trabalhadores autônomos dos diversos segmentos de produção, artesanato, comércio e serviços, inclusive empreendedorismo social e cultural.

A iniciativa beneficiará também agricultores familiares que desenvolvam negócios não agrícolas no meio rural.

 

Quero receber conteúdos exclusivos do Papo Carreira