Vacinação em escolas e postos de saúde de Fortaleza é suspensa devido ao feriado da Data Magna

Para atender à demanda dos profissionais da saúde e idosos, foram disponibilizadas vacinas em estacionamentos de shoppings e universidade

Legenda: A SMS disponibilizou outros sete pontos alternativos de vacinação nesta quarta-feira (25)
Foto: Foto: Gustavo Pellizzon

Devido ao feriado da Data Magna do Ceará, foi suspensa a vacinação contra a gripe H1N1 em 113 postos de saúde e mais de 200 escolas da rede pública municipal de Fortaleza, nesta quarta-feira (25).

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o grupo prioritário - idosos de 60 a 79 anos e profissionais da saúde - tem outros pontos como opção, que são os estacionamentos de shoppings centers e da Universidade de Fortaleza. O modelo de vacinação, nos dois casos, é "drive thru".

O atendimento, no qual o idoso não precisa sair do carro para ser vacinado, é voltado para quem tem um meio de condução como carro, moto ou bicicleta. 

De 9h às 16h, haverá vacinação nos estacionamentos do North Shopping Bezerra e Jóquei, RioMar Papicu e Kennedy, Iguatemi Fortaleza e Via Sul Shopping. A ação se repete no próximo sábado (28) e domingo (29).

De 8h às 16h30, equipes de saúde realizam as aplicações no estacionamento do Bloco D, da Universidade de Fortaleza. O acesso à entrada é pela Avenida Valmir Pontes. O atendimento no local vai permanecer por tempo indeterminado, até que a campanha chegue ao fim, no dia 23 de maio.

Gripe e coronavírus

A primeira fase da campanha nacional de vacinação contra a gripe H1N1 vem sendo realizada na capital cearense desde a última segunda-feira (23). 

Para evitar a aglomeração, que aumenta o risco de contaminação do novo coronavírus, a SMS decidiu implementar um modelo de vacinação "drive thru". 

"A pessoa não vai precisar sair do seu carro. Dentro do próprio carro a equipe de saúde vai fazer a sua vacinação”, afirma a secretária da Saúde do Município, Joana Maciel. 

"O Influenza também causa doenças graves e é muito importante que você, que tem mais de 60 anos, se vacine. Outra questão é que também é importante que você não tenha doenças causadas por outros vírus para que não seja confundido com a Covid-19", disse Joana.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza


Redação 20 de Outubro de 2020