Transexuais podem solicitar nome social na carteira estudantil

Os estudantes precisam fazer a solicitação munidos de declaração da sua instituição de ensino.

Escrito por Redação,

Metro

A partir desta segunda-feira (21), estudantes transexuais e travestis terão garantidos o nome social em suas carteiras estudantis, conforme assegura a Prefeitura de Fortaleza. Essa viabilização se dá pela Portaria Nº 71/2015, mediante entrega de documentação na Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

Para a solicitação, os estudantes devem fazer a solicitação munidos de declaração da sua instituição de ensino, identificando a matrícula com o nome social, cópia do RG e cópia do comprovante de endereço. No link de consulta da solicitação no site, a Etufor adicionou o campo "nome social".

As discussões para garantir esse direito à transgêneros, transexuais e travestis tiveram início em maio, após encontro da Etufor com a Coordenadoria de Juventude de Fortaleza, Coordenadoria de Políticas para a Diversidade Sexual e movimentos sociais e entidades.