Região de Saúde de Fortaleza tem aumento de 58% nos casos de Covid-19

Índice foi registrado na última semana, conforme boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde

A Região de Saúde de Fortaleza, que compreende, além da Capital, os municípios de Aquiraz, Eusébio e Itaitinga, na Região Metropolitana, registrou 1.268 novos casos de Covid-19 entre os dias 15 a 21 de novembro (Semana Epidemiológica 47), o que corresponde a um aumento de 58%, em relação à semana anterior. 

Houve ainda registro de um óbito, o que representa queda de 80%, no período. Os dados constam no boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) na tarde desta sexta-feira (27).

 

Nos 184 municípios como um todo, o levantamento indica que na SE 47 foram contabilizados 1.630 diagnósticos do novo coronavírus e 18 mortes. Os dois indicadores representam uma alta de 56,9% e uma redução de 25% comparados aos registros dos sete dias anteriores.

Com exceção do Sertão Central, que teve baixa de 8,3% nos casos, as demais regiões do Estado tiveram acréscimo de casos no período, sendo o maior volume na do Cariri, onde 133 pacientes tiveram a confirmação da Covid-19. O número é 101,5% superior ao da semana passada. Mortes tabularam 33,3% de redução.

No Litoral Leste, os 117 novos testes positivos resultaram em uma alta de 72% ao passado que os óbitos aumentaram 300%, passando de um para quatro na SE 47. Já na região Norte, o acréscimento foi de 19,6%, uma vez que 67 novos casos entraram nas estatísticas. 

Com a aceleração da pandemia no Ceará, o boletim da Sesa aponta que a taxa de mortalidade passou de 104,6 para 105,3 óbitos por 100 mil habitantes. 

Apesar dos índices, a Pasta pondera que em novembro "a primeira quinzena apresenta, preliminarmente, redução de 24,4% na média de casos de 7 dias e redução de 25,5% na média de óbitos".

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza