Protocolos sanitários são ignorados em mais um fim de semana

Alheios às orientações de prevenção ao novo coronavírus, cearenses foram flagrados em cenas de aglomeração em estabelecimentos comerciais e espaços públicos do Ceará; fiscalização de descumprimentos continua hoje

foto
Legenda: Pessoas aglomeradas na orla na Praia de Iracema. Sem máscaras, aumentam risco de contaminação
Foto: Fernanda Aires

Se mesmo com os repetidos alertas contra a Covid-19 o fim de semana já registra cenas de desrespeito aos protocolos sanitários, quando o calendário marca feriado prolongado, então, a conduta proibida fica ainda mais intensa. Prova disso é que entre a última sexta-feira (30) e ontem, inúmeras regiões do Ceará voltaram a ignorar as medidas indicadas para conter a circulação do novo coronavírus.

No bairro Jangurussu, em Fortaleza, a Polícia Militar interrompeu uma festa de forró em uma casa noturna, na sexta-feira. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 248 pessoas e 48 veículos foram abordados na ação policial. Após o flagrante, dois gerentes responsáveis pelo local foram levados ao 30º DP, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pela infração à medida sanitária prevista no artigo 268 do Código Penal.

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) autuou cinco estabelecimentos comerciais nos bairros Jangurussu e Maraponga, até a tarde de ontem. Desse total, três foram por obstrução do espaço público com mesas e cadeiras; um por funcionamento sem alvará e o outro por descumprir medidas sanitárias. Já no Itaperi, os agentes apreenderam um paredão de som.

Equipes fixas e volantes da Agefis também estão atuando das 7h às 16h em cemitérios públicos e particulares da Capital para evitar aglomerações, sobretudo neste Dia de Finados. A mesma ação ocorre no Parque do Cocó, percorrendo as áreas das trilhas e das vias do entorno.

"As equipes da Agefis distribuem mil kits com duas máscaras de tecido cada, panfletos educativos, disponibilizam álcool em gel 70% para a população e realizam a aferição de temperatura. Os agentes também abordam os presentes para informar acerca das medidas preventivas à Covid-19 e alertar para a importância do distanciamento social", detalhou o órgão em nota enviada ao Diário do Nordeste.

Litoral

Com um público jovem, em geral, a praia dos 'Crush', entre o Espigão da João Cordeiro e a Ponte dos Ingleses, estava tomada de banhistas na faixa de areia. No mar, apesar de estarem em menor quantidade, a maior parte não obedecia o distanciamento social. Na praia de Iracema, as barracas montadas lado a lado também impossibilitaram o distanciamento físico.

Na praia de Canoa Quebrada, em Aracati, policiais militares usaram spray de pimenta para dispersar pessoas que se aglomeravam na Rua Broadway, principal trecho do ponto turístico, na madrugada de ontem. Segundo a PM, os agentes já haviam orientado o grupo, que logo voltou a desobedecer o distanciamento social.

"Diante do ato de desobediência, os PMs que atenderam à ocorrência utilizaram um Instrumento de Menor Potencial Ofensivo (IMPO) a fim de acabar com a aglomeração. Não houve feridos na ação e ninguém foi conduzido para a Delegacia do Município", comunicou.

Em Jericoacoara, a PM informou que realiza até esta segunda-feira (2) a Operação Feriado Seguro para atuar na segurança pública e no cumprimento do decreto estadual que proíbe eventos com mais de 100 pessoas. A corporação disse que fechou uma barraca do local para dispersar uma aglomeração de pessoas.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza