Prefeitura de Caucaia anuncia produção e envase de oxigênio hospitalar

Gestão municipal utilizará usina privada que estava parada no município para realizar produção do insumo

Vitor Valim, prefeito de Caucaia
Legenda: A informação foi divulgada pelo prefeito Vitor Valim (Pros) em transmissão ao vivo nesta quarta-feira (17).
Foto: reprodução

A Prefeitura de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), anunciou que o município fará produção e envase de oxigênio hospitalar. A informação foi divulgada pelo prefeito Vitor Valim (Pros) em transmissão ao vivo nesta quarta-feira (17). O insumo é o mesmo utilizado em hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) no tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19.

Em vídeo, Vitor Valim definiu a falta de oxigênio em unidades de saúde como um desafio "profundamente assustador" para prefeitos de outros municípios cearenses. O gestor de Caucaia disse que, ao buscar fornecedores, encontrou uma usina com "pequenos problemas técnicos e administrativos".

“Assim que descobrimos esse fato, iniciamos tratativas com o proprietário e, ao mesmo tempo, fomos em busca das soluções para que ela pudesse, o mais depressa possível, produzir e envasar esse produto tão valioso para os pacientes internados”, afirmou o gestor municipal.

A medida, segundo o prefeito, é respaldada por lei do Governo Federal, a qual permite que municípios atuem com medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública durante a pandemia do novo coronavírus. "Então, a partir de hoje, comunico que a Prefeitura de Caucaia toma posse deste equipamento e passa a produzir e envasar o oxigênio”, acrescentou Valim.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza