Prédio atingido por explosão na Av. Santos Dumont passa por demolição

Uma máquina retroescavadeira começou o processo de desmontagem da estrutura nesta terça-feira, 29

Legenda: Operários começaram a desmontagem pela parte de trás do prédio
Foto: Kid Júnior

O processo de demolição do prédio atingido por uma explosão no bairro Papicu, em Fortaleza começou a ser realizado nesta terça-feira (29), na Avenida Santos Dumont. Após uma perícia particular ter sido realizada no local pela Oi, empresa que ocupa o local, foi constatado o compromotimento da edificação e o risco de colapso.

Legenda: Guindaste faz escoramento da torre que vai ser desmontada
Foto: Paulo Sadat

Uma máquina retroescavadeira que opera na parte de trás do imóvel iniciou o trabalho de remoção das paredes da estrutura. Antes, um guindaste foi posicionado junto à torre de telefonia para fazer o escoramento que vai possibilitar a desmontagem da estrutura. Os trabalhos foram realizados até às 17h, devendo ser retomados nesta quarta-feira (30).

Remoção de moradores

Uma vila de casas localizada ao lado do prédio poderá ser afetada em caso de desabamento. Com isto, a Oi enviou um ofício à Defesa Civil de Fortaleza detalhando o laudo e apresentando as recomendações sugeridas. O órgão municipal foi ao local no último fim de semana e fez a retirada temporária de 43 moradores da vila, além de notificar as famílias sobre o risco de permanecer nas residências e interditar os acessos ao local.

Conforme nota, “a Oi se colocou à disposição do poder público e assumiu os custos da logística para a retirada temporária, disponibilizando transporte, alimentação e hospedagem em hotel aos moradores da vila”

Explosão

A explosão aconteceu no último dia 24, quando gás natural proveniente de uma tubulação acumulou no subsolo, de acordo com o Corpo de Bombeiros. A situação se deu enquanto uma empresa realizava uma escavação próximo ao local. A Oi declarou que, antes do incidente, “colocou em prática seus protocolos de segurança e evacuou imediatamente o prédio da estação, além de isolar totalmente a área, adotando todas as medidas preventivas”.

Inquérito

A Polícia Civil anunciou na sexta-feira (25) que instaurou um inquérito por meio de portaria para apurar as causas do acidente.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o objetivo do inquérito é esclarecer as causas e circunstâncias determinantes que resultaram no acidente. Com a conclusão dos trabalhos, será expedido um laudo técnico-científico que vai contribuir com as investigações do caso.

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza


Redação 19 de Outubro de 2020
Redação 18 de Outubro de 2020