Praias da Capital registram aglomerações em diversos pontos no domingo (2)

Decreto estadual determina funcionamento do segmento de 9h às 23h; venda ambulante é permitida

Legenda: Banhistas se aglomeram na Praia dos Crush sem o uso de máscara
Foto: Thiago Gadelha

Com autorização para funcionar desde o dia 13 de julho, as barracas de praia seguem registrando aglomerações na Capital. Neste domingo (2), diversas pessoas foram flagradas, inclusive, sem máscaras, equipamento de uso obrigatório no Estado. 

Na Praia do Futuro, além dos frequentadores das barracas, vendedores ambulantes vendiam suas mercadorias. De acordo com o decreto do Governo do Estado desse sábado (1º), a venda é permitida, mas é obrigatório o uso de máscara e a circulação deve ocorrer respeitando o distanciamento físico.  

O decreto estadual determina que o funcionamento das barracas de praia deve ocorrer entre 9h e 23h, além de seguir todos os protocolos sanitários estabelecidos pelo Governo.

O cenário de intensa movimentação se repetiu na Praia dos Crush, na Praia de Iracema. Diversos banhistas foram flagrados não respeitando o distanciamento físico e sem o uso da máscara facial, o que gerou aglomerações.

Decreto estadual

Em anúncio realizado nesse sábado sobre os próximos passos do Ceará na retomada das atividades, o governador Camilo Santana e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, definiram que a Capital segue na Fase 4, mas cinemas e bares ainda não têm permissão de funcionamento. 

Além disso, atividades presenciais de escolas e universidades estão previstas para retornar somente em setembro. "A previsão para a retomada das aulas presenciais tanto privadas quanto públicas estão previstas apenas para o mês de setembro. Durante todo o mês de agosto faremos reuniões para definir protocolos, faseamento, monitoramento", disse Camilo Santana.

Você tem interesse em receber mais conteúdo da cidade de Fortaleza?