Pela primeira vez, média móvel de mortes por Covid-19 em Fortaleza tende a zero, diz Prefeitura

A diminuição das fatalidades é potencializada pela vacinação de um grande contingente populacional, informa o boletim epidemiológico

Coveiros carregando caixão em cemitério do Ceará
Legenda: Nas duas últimas quinzenas (16 de setembro a 14 de outubro), a cidade teve 17 dias sem registro de óbitos pela doença
Foto: Fabiane de Paula

Pela primeira vez, a média móvel de mortes por Covid-19 em Fortaleza tende a zero, de acordo com boletim epidemiológico da Prefeitura divulgado nesta sexta-feira (15). Nas duas últimas quinzenas (16 de setembro a 14 de outubro), a cidade teve 17 dias sem registro de óbitos pela doença.

Segundo o documento, a média móvel de mortes dos últimos sete dias foi de menos de um óbito (0,1). A equipe técnica constatou uma queda consistente da média móvel de mortes desde o fim de abril de 2021.

O pico da média móvel na segunda onda ocorreu no dia 24 de março de 2021 (64,6). "O cenário atual guarda similaridades com o que foi observado em agosto de 2020, reflexo do fim de um ciclo epidêmico", afirma o texto.

Setembro registrou os menores números de casos e mortes, desde a consolidação da pandemia no município, em meados de março de 2020.

Também conforme a Prefeitura de Fortaleza, a diminuição das fatalidades é potencializada pela vacinação de um grande contingente populacional.

Mortes por Covid-19 no Ceará

No Ceará, segundo a plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa), 24.349 pessoas morreram vítimas da Covid-19 até a manhã desta sexta. Na Capital, o site indica 9.740 óbitos.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza