"Não é só uma faixa de pedestre colorida, é amparo, amor e respeito", diz sobralense sobre ação LGBT

A faixa com a bandeira LGBTQIA+ foi pintada nas ruas da cidade de Sobral, próxima ao Teatro São João e a praça de mesmo nome

faixa lgbt
Legenda: O local onde a faixa foi inserida já é um ponto turístico. Ficando próximo ao Teatro São João, e também próximo à praça São João.
Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (21), foi inaugurada, em Sobral, uma faixa de pedestres um pouco diferente das demais. O cruzamento entre a Av. Dom José com a Rua Deolindo Barreto, um ponto estratégico da cidade, agora está colorido com um símbolo da luta LGBTQIA+ em formato de faixa de pedestre. A iniciativa inédita no Brasil, foi idealizada pela diretora criativa da marca T-shirt em Box, Rhasnny Roque, em parceria com a Associação Mães pela Diversidade.

A inspiração para o projeto surgiu quando, em uma viagem para Londres, Rhasnny se deparou com uma faixa semelhante nas ruas da cidade. Para ela, o principal objetivo dessa ação é transformar a cidade mais “empática com a causa LGBTQIA+, com menos violência”.

faixa
Legenda: O cruzamento entre a Av. Dom José com a Rua Deolindo Barreto, um ponto estratégico da cidade, agora está colorido com um símbolo da luta LGBTQIA+
Foto: Divulgação

De acordo com o secretário da Infraestrutura, do Trânsito e Transporte de Sobral, Kaio Dutra, a faixa não atrapalha o fluxo do trânsito na cidade, por isso, a pasta decidiu aderir ao projeto visando, principalmente, propiciar um espaço para as discussões acerca da causa LGBTQIA+. "Existe um espaço e essa discussão do movimento LGBTQIA+ tem que acontecer, para provocar a inclusão dessas pessoas na sociedade”.

Representatividade 

Para Gioconda Aguiar, coordenadora da ONG Mães Pela Diversidade, ter a bandeira LGBTQIA+ pintada no cruzamento da cidade, significa muito para a luta contra o preconceito e a homofobia.

“Para nós é uma vitória, porque somos atacados de todos os lados, mas estamos aqui com o nosso amor, nós não vamos dar um passo para retroceder. Nós vamos seguir com a nossa luta, porque os nossos filhos precisam de nós”,
Gioconda Aguiar
coordenadora da ONG Mães pela Diversidade

Quando questionada sobre a reação do público sobre a iniciativa, Gioconda alerta que sempre vai ter lado positivo e negativo em tudo, principalmente quando o público LGBTQI+ está envolvido. Mas, ela acrescenta que as Mães pela Diversidade sempre estão preparadas para possíveis ataques, e que continuarão lutando.

O local onde a faixa foi inserida já é um ponto turístico. Ficando próximo ao Teatro São João, e também próximo à praça São João. Por ser um ponto de destaque em Sobral, ela ganhou ainda mais relevância para o empresário Ruan Angelim. Assim que soube que a faixa podia ser visitada, ele e o namorado foram imediatamente vê-la.

Ruan Angelim
Legenda: Ruan Angelim e seu namorado na faixa em Sobral
Foto: Arquivo pessoal de Ruan Angelim

“Isso significa muito para nós da comunidade LGBT, porque nos sentimos vistos, lembrados, amparados por pessoas que não são da comunidade LGBT. Não é só uma faixa de pedestre colorida que se gastou alguns baldes de tinta para pintar, é amparo, amor, tolerância, respeito”, conclui.
Ruan Angelim
Empresário de Sobral

Faixa LGBTQIA+ em Fortaleza

Segundo informou a idealizadora da faixa, Rhasnny Roque, já estão sendo realizadas reuniões com a superintendente da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC), para que uma faixa semelhante seja feita na cidade.

“Nós teremos uma reunião na segunda-feira (26) para bater o martelo em tudo e eu penso que em maio teremos a inauguração da faixa de Fortaleza, escolhemos esse porque é o mês da luta LBTQIA+”, finaliza.

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados