Evento 'Caminhada com Maria' será feito online neste ano devido à pandemia do coronavírus

A celebração será sediada por meio de uma 'live coletiva', informou a Arquidiocese de Fortaleza

Legenda: Desta vez, o tema do evento será 'Maria caminha conosco no cuidado pela vida'
Foto: Camila Lima

Há 17 anos, no feriado de 15 de agosto, as ruas de Fortaleza se enchem de fé com a procissão 'Caminhada com Maria', que homenageia a Nossa Senhora da Assunção, mãe de Jesus Cristo e padroeira da capital cearense. Contudo, no próximo mês, devido à pandemia do novo coronavírus, as celebrações que marcam o evento serão realizadas de forma online.

Nossa Senhora da Assunção já levou milhares de fiéis para celebrar o feriado em sua homenagem, que teve a data modificada neste ano para 28 de maio. Somente em 2019, a organização do evento estimou a participação de mais de 2 milhões de devotos. Para o próximo dia 15, o Padre Francisco Ivan de Souza, pároco do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, espera que o evento alcance muitas pessoas.

De acordo com o padre, a procissão, que antes acontecia oficialmente apenas na capital cearense, poderá, por meio dos veículos de comunicação da Arquidiocese de Fortaleza, como as redes sociais, alcançar outros lugares do Estado e do mundo. "Já estamos preparando. O mundo todo vai ver agora".

Com o tema 'Maria caminha conosco no cuidado pela vida', o evento de fé trará, conforme o Padre Francisco Ivan, a mensagem sobre a importância da saúde em um período tão conturbado vivido por toda a população mundial.

"Muitas pessoas se foram [pela pandemia]. É um momento de maior consciência. É cuidar da minha saúde e da dos outros. É pedir para que sejamos firmes. Não é só uma questão de isolamento. O que está em jogo é a vida. Saúde e salvação andam juntos. É preciso salvar a vida para que ela seja saudável", afirmou o padre.

Programação

De acordo o Padre Francisco Ivan, o evento começará ao meio-dia. Ao todo, quatro regiões episcopais de Fortaleza farão as celebrações. A Catedral Metropolitana de Fortaleza será o último ponto da homenagem, onde haverá a coroação da imagem da Nossa Senhora da Assunção. 

"Haverá todo um sistema e será transmitido em tempo real.  Na catedral, será o encerramento, onde ocorrerá a coroação. Acontecerá tudo de uma forma simples, e terá o mínimo de aglomeração, por conta dos desafios pelos quais estamos passando", salientou o padre. 

Para uma tradição que levava fiéis a um trajeto de cerca de 12 quilômetros, o sacerdote afirma que é a primeira vez que a celebração não peregrinará por Fortaleza. "Sempre foi presencial. Para nós, é um desafio. Por isso vamos fazer um teste, um plano piloto. Será uma caminhada com Maria dentro de casa".

Você tem interesse em receber mais conteúdo da cidade de Fortaleza?

Assuntos Relacionados