Escola cria projeto que atrai estudantes para o universo literário

Mais de 40 alunos-escritores do Colégio Santa Cecília participam de publicação inédita

Escrito por Agência de Conteúdo DN,

Metro
Legenda: Obra reúne textos em verso e prosa sobre sentimentos do amor juvenil, perdas de entes queridos e temáticas sociais.
Foto: Divulgação

A escrita pode trazer sossego à alma, liberar palavras engasgadas e até transformar o mundo, principalmente o mundo interior. Os alunos-escritores do Colégio Santa Cecília, participantes do Projeto Criações Literárias, sabem bem quais as sensações que a escrita traz para quem mergulha nela. Desse mergulho, saem muitos talentos.  

Anualmente, um livro com uma amostra dessas composições é lançado pela Escola. O projeto já ultrapassou três décadas de existência e representa para os alunos uma oportunidade de expressar, em verso e prosa, sentimentos do amor juvenil, de perdas de entes queridos, temáticas sociais, dentre outros temas do universo de cada um.  

Alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio participam do projeto que já atravessa gerações: avós, avôs, mães, pais, tios, filhos e netos já publicaram textos no Criações Literárias. Há alunos que, inclusive, publicam em todas as séries que compõem o projeto.  

A professora Sâmia Araújo, coordenadora da área de Língua Portuguesa, explica como é feita a publicação. "Os textos são selecionados, previamente, pelos professores da série e, em reuniões da área com todos os professores do 6º ano EF ao 3º ano EM, há a seleção dos textos que farão parte da edição do ano vigente". 

Edição 2021  

Mais de 40 alunos-escritores estarão na edição 2021, que será lançada em formato e-book. Para a professora Sâmia Araújo, o projeto aproxima os estudantes da possibilidade de uma carreira na Literatura. 

“Há um impacto na vida pessoal de cada um, pela oportunidade de registrar sentimentos diversos, por meio da escrita. Temos muitos alunos que participaram do Criações Literárias e enveredaram pelo mundo da escrita, escolhendo profissões que trazem esse diálogo, como jornalistas, professores, artistas plásticos, cineastas, diplomatas, cantores etc.”, afirma.  

Com a pandemia, desde 2020, a publicação é lançada em versão e-book no site e redes sociais da Escola. De acordo com a professora Sâmia, o lançamento ocorrerá no mês de dezembro. “É um momento de evidenciar o potencial dos nossos alunos e sermos revestidos de emoção ao vê-los como protagonistas em mais esse processo de aprendizagem com vistas à criação literária e artística”, destaca.  

Assuntos Relacionados