Conscientização sobre doação de órgãos ainda é desafio no Ceará

Mesmo sendo referência em transplantes no Brasil, o Estado continua a enfrentar o obstáculo de conscientizar a população sobre a importância da doação em um momento delicado, mas fundamental

Legenda: Transplantados levaram a mensagem da importância da doação de órgãos pelo Parque do Cocó, em Fortaleza
Foto: Foto: Fabiane de Paula

Hoje, com 48 anos e sorriso estampado no rosto, Diógenes de Castro resolveu aderir à luta pelo transplante de órgãos no Ceará. Ele é um dos inúmeros cearenses que receberam a empatia de alguém para continuar vivo. "Antes da cirurgia, tinha 4 corações aptos para mim, mas as famílias não doaram. Por isso, a importância da campanha de conscientizar", afirma o transplantado.

Diógenes diz que, após o novo coração, veio também a segunda mãe. O papel coube a Edileuda Nunes, que tomou a decisão de doar os órgãos do filho, após confirmada a morte cerebral dele. "O coração do meu filho continua batendo. Em 2016, ele passou três dias em coma no IJF, mas o coração dele estava bem. Ele teve traumatismo craniano. Através do meu filho, seis pessoas, hoje, têm uma qualidade de vida. É uma ilusão achar que a doação é uma coisa dolorosa. Não é. É muito importante. Além de dar vida a outra pessoa, ameniza a nossa dor", conta ela orgulhosa do "novo filho" que ganhou.

Amor sem fronteiras

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), de 2009 a 2018, foram realizados 13.313 transplantes no Ceará. O número corresponde a procedimentos envolvendo vários órgãos como rim, fígado e córneas. O sucesso é consequência de uma rede apta a dar suporte aos doadores e transplantados. Para isso, o Estado conta com 62 hospitais notificantes entre públicos, privados e filantrópicos, cadastrados no Sistema Nacional de Transplantes.

O Ceará recebe pacientes de vários pontos do Brasil em busca de realizar procedimentos. Segundo a Sesa, através do Núcleo de Dados do Sistema Verdes Mares, os estados que mais procuraram o Ceará para transplantes são Pará, Rio Grande do Norte, Piauí, Maranhão, Sergipe e Amazonas. Seguindo a proporção por milhão de habitantes, só no primeiro semestre de 2019, o Ceará foi o segundo do País em transplantes de fígado, o terceiro em pulmão e coração, o quarto em córnea, o sétimo em rim/pâncreas e o nono em medula óssea.

O bom número de procedimentos faz com que as histórias de quem vem de outros estados tenha sucesso. O casal Antônia Armas, 42, e Natanael Areque, 44, de Benjamin Constant, no Amazonas, tiveram que vir ao Ceará para conseguir o transplante de Antônia. Ela recebeu a doação de um fígado há 4 meses. Natanael, que mudou de opinião após a situação pela qual a esposa passou, agora é enfático ao "incentivar os outros a serem doadores também". "Hoje, ela foi ajudada, quem sabe amanhã ela pode ajudar também. É preciso incentivar outras pessoas a fazer o mesmo. Basta um pequeno gesto", diz.

Apesar dos bons resultados, o número de doadores ainda precisa ser ampliado para cobrir a demanda. Entre 2014 e 2018, a quantidade de pessoas ou famílias cearenses que doaram órgãos oscilou: em 2015, foram 220 doadores efetivos, número que caiu para 206 no ano passado. Em doação efetiva, o Ceará ocupa o 3º lugar, acima da média nacional. Para Eliana Barbosa, coordenadora da Central de Transplantes, o Estado ainda precisa melhorar este aspecto.

Doe de Coração

Ontem (21), pacientes transplantados, que partilhavam suas histórias de vida, se reuniram em uma caminhada pela trilha do Parque do Cocó, em Fortaleza, propagando a importância e necessidade de se tornar um doador de órgãos. Participavam do movimento "Doe de Coração", que chegou à sua 17ª edição. No próximo dia 26, a programação segue com o I Fórum de Transplantes da Universidade de Fortaleza, que reunirá especialistas para discutir os entraves e as mudanças da legislação ao tema. No dia 27, Dia Nacional da Doação de Órgãos, o movimento chega à Praça do Ferreira, em Fortaleza.

Você tem interesse em receber mais conteúdo da cidade de Fortaleza?


Redação 24 de Setembro de 2020
Redação 23 de Setembro de 2020