Casos saltam 58% e mortes caem 80% na Região de Saúde da Capital

Boletim da Sesa indica que a última semana epidemiológica contabilizou 1.268 novos diagnósticos e um óbito pelo novo coronavírus SARS-CoV-2

Legenda: A média móvel de casos e óbitos é considerada estável na Capital
Foto: FOTO: CAMILA LIMA

Os diagnósticos positivos e as mortes por Covid-19 anotaram, respectivamente, salto de 58% e queda de 80% na Região de Saúde de Fortaleza (Capital, Aquiraz, Eusébio e Itaitinga), na Semana Epidemiológica 47 (15 a 21 de novembro) em relação aos sete dias anteriores. No intervalo, 1.268 novos casos e um óbito foram contabilizados, segundo boletim da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), divulgado ontem.

Nos 184 municípios do Estado, 1.630 pessoas testaram positivo e outros 18 faleceram após complicações na SE 47. Individualmente, os dois indicadores correspondem a um aumento de 56,9% e baixa de 25% comparados a SE 46.

Ainda de acordo com o levantamento da Sesa, a taxa de mortalidade da Covid-19 no Ceará passou de 104,6 para 105,3 óbitos em uma semana. A Pasta pondera, no entanto, que a primeira quinzena de novembro tabulou decréscimo de 25,5% na média de óbitos e 24,4% nos casos.

Por outro lado, a Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza (SMS) registrou aceleração na taxa de positividade dos testes de Covid-19, mas em outro intervalo. Segundo informe semanal também publicado ontem, entre os dias 18 a 25 de novembro, os resultados dos exames emitidos por laboratórios da rede pública cresceram 28,5%.

A SMS ressalta que a atual média móvel da Capital (117,7 por 100 mil habitantes) é 37% inferior a apresentada 14 dias atrás, assim como a média móvel de óbitos (2,0 por 100 mil hab.) é 35% menor. "Desde a primeira semana de agosto podemos considerar a média móvel (7 dias) estável no Município", complementa a Pasta.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados