Cadastro de vacinação contra Covid-19 no Ceará é apenas para grupos prioritários

Não há previsão para cadastro do restante da população e nem há prazo previsto para interrupção do cadastro

foto
Legenda: Ceará já aplicou mais de 508 mil doses doses da vacina contra a Covid-19
Foto: Thiago Gadelha

O cadastro para vacinação contra a Covid-19 no Ceará está aberto, deste segunda-feira (8), com foco nos grupos prioritários. No entanto, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) afirmou nesta quinta-feira (11), que todo cidadão maior de 18 anos já pode se cadastrar, por meio da plataforma Saúde Digital

[Informação atualizada às 13h31 do dia 11/03/2021] Na quarta-feira (10), a Sesa afirmou que o foco do cadastro eram as pessoas contempladas nas quatro primeiras fases especificadas no Programa Nacional de Imunização (PNI). Porém, em um documento tira-dúvidas publicado nesta manhã, a informação de que todos os cearenses com mais de 18 anos já podem se cadastrar é confirmada

Circula em redes sociais um comunicado informando que o cadastro estaria aberto e seria obrigatório para todos os cearenses acima de 18 anos. A mensagem diz ainda que o cadastramento estaria disponível por apenas 15 dias. O prazo para o cadastro encerrar, no entanto, não foi confirmado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). A vacina não é obrigatória.

Mensagem que circula nas redes sociais e contém informações não confirmadas sobre o cadastro para vacinação contra a Covid-19
Legenda: Mensagem que circula nas redes sociais e contém informações não confirmadas sobre o cadastro para vacinação contra a Covid-19
Foto: Reprodução

A Sesa explica que o foco dessa fase é cadastrar os grupos prioritários e que, à medida que as vacinas cheguem, esses grupos poderão agendar para receber o imunizante. Não há previsão de interrupção do cadastro. Também não há data para vacinação de pessoas fora dos grupos prioritários. 

De acordo com o Governo do Ceará, cerca de 3,8 milhões de pessoas devem ser vacinadas nas quatro fases prioritárias. No momento, está em vigência a primeira fase de imunização. A ordem de vacinação, a medida que cheguem novas doses de vacina, será mantida. 

A imunização seguirá o calendário de cada cidade. Caso a pessoa não se encaixe na fase em vigência de vacinação, o cadastro ficará armazenado no banco de dados da plataforma, permitindo maior organização do plano de imunização do governo.

Veja as fases de vacinação dos grupos prioritários: 

Fase 1 (em andamento): 

• População indígena aldeada;
• Idosos a partir de 60 anos institucionalizados;
• Trabalhadores de Saúde;
• Pessoas com deficiência institucionalizadas;
• Idosos a partir de 75 anos.

Fase 2:

• Povos e comunidades tradicionais quilombolas;
• Idosos a partir de 60 anos.

Fase 3:

• Pessoas com deficiência permanente grave;
• Pessoas com morbidades.

Fase 4:

• População privada de liberdade;
• Funcionários do sistema de privação de liberdade;
• Forças de segurança e salvamento;
• Forças Armadas;
• Trabalhadores de Educação do Ensino Básico;
• Trabalhadores de Educação do Ensino Superior;
• Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros;
• Trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário;
• Trabalhadores de transporte aéreo;
• Trabalhadores de transporte aquaviário;
• Caminhoneiros;
• Trabalhadores industriais. 

Como se cadastrar para receber a vacina? 

Para fazer o cadastro, é necessário informar nome completo, CPF, data de nascimento, raça e telefone para contato, por exemplo. A secretaria ressaltou a importância de preencher os dados com as informações corretas.

Quem não tiver acesso à Internet deve aguardar informações da prefeitura do município em que mora para proceder com a realização do cadastro.

Em Fortaleza, quem está cadastrado no aplicativo Vacine Já e que ainda não foi vacinado deve realizar novo cadastro no sistema estadual.

Número do Cartão Nacional de Saúde não é obrigatório

Apesar de ser solicitado no ato da inscrição, o número de Cartão Nacional de Saúde do Sistema Único de Saúde (SUSnão é obrigatório para dar seguimento ao processo. A informação foi confirmada pela Sesa. Quem não souber o número pode deixar o campo em branco e seguir o cadastro normalmente.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza