Aglomerações são registradas no entorno de bares na Rua João Cordeiro, em Fortaleza

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel), o evento clandestino acontece na rua, com milhares de pessoas, e é abastecido por ambulantes

A PMCE foi ao local para dispersar pessoas que se encontravam aglomeradas e encerrar eventos que aconteciam no local
Legenda: A PMCE foi ao local para dispersar pessoas que se encontravam aglomeradas e encerrar eventos que aconteciam
Foto: Paulo Sadat

Em meio à pandemia do novo coronavírus, festas e aglomerações continuam acontecendo sem qualquer cuidado sanitário. Em Fortaleza, na Rua João Cordeiro, na Praia de Iracema, milhares de pessoas e ambulantes têm se reunido ao redor do Bar da Mocinha sem o devido distanciamento social ou uso de máscaras. O evento, registrado neste domingo (10), no entanto, não é a primeira vez que ocorre.   

De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel), o evento clandestino acontece na rua e é abastecido por ambulantes, após o horário de fechamento dos estabelecimentos. 

A nota também menciona que a Polícia Militar não fechou bares da região indicada, já que “os estabelecimentos de alimentação fora do lar estão seguindo os protocolos sanitários e decretos do Governo do Estado”. 

Presidente da Abrasel, Taiene Righetto relata que, na noite deste domingo, cerca de 30 ambulantes ofereciam bebidas alcoólicas e comida no local, além do som alto promovido por participantes da festa. “Estive lá e pude presenciar o que aconteceu, mais uma vez. Ali vira um carnaval. Após a chegada da Polícia, que faz a dispersão, a aglomeração volta em cerca de dez a 15 minutos”, conta.   

“A Abrasel já fez denúncias, os moradores do entorno ligam para a Polícia, e isso já faz tempo que acontece. O Bar Teresa e Jorge, por exemplo, tem sofrido bastante por causa disso. Aos domingos, eles fecham mais cedo, por volta das 18h, porque fica impossível realizar o trabalho e garantir a segurança dos clientes naquele horário”, expõe Righetto.

Denúncia

Em nota, a Polícia Militar do Ceará (PMCE), por meio do 8º Batalhão Policial Militar (8ºBPM) e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA), informou que compareceu na noite do último domingo, 10, no entorno da rua João Cordeiro, no bairro Meireles, em Fortaleza, para dispersar pessoas que se encontravam aglomeradas e encerrar eventos que aconteciam no local. Ninguém foi preso. 

“Ações preventivas estão sendo feitas, principalmente, durante os finais de semana, visando fazer cumprir as normas vigentes em Decreto Estadual acerca das medidas de prevenção contra a Covid-19”, detalha a nota.

A PMCE reforçou que conta com a colaboração da população para cumprir os protocolos de saúde previstos em legislação vigente acerca da prevenção à Covid-19 e esclarece que denúncias de aglomerações de pessoas podem ser feitas por meio do 190.

 

 

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza