Agentes cercam 'Praia dos Crush' com grades para evitar aglomeração

Medida tem como objetivo a prevenção contra a Covid-19

Legenda: O desrespeito às regras de distanciamento social é frequente na região
Foto: Fabiane de Paula

Agentes da Prefeitura de Fortaleza instalaram neste sábado (16) grades no entorno da 'Praia dos Crush', trecho da Praia de Iracema, para bloquear o acesso à faixa de areia. A medida visa evitar aglomeração no ponto da orla como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus. O desrespeito às regras de distanciamento social são frequentes na região, sobretudo aos sábados e domingos. 

Apesar da instalação dos gradis, os banhistas desrespeitaram o bloqueio na 'Praia dos Crush' e continuam ocupando o trecho. Uma estrutura similar foi montada durante a operação Réveillon, a fim de restringir o acesso da população ao aterro da Praia de Iracema. 

Além do bloqueio, equipes da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), da Guarda Municipal, da Vigilância Sanitária, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e Civil estarão no local atuando de forma integrada para potencializar o cumprimento das medidas de distanciamento social, segundo Secretário da Segurança Cidadã de Fortaleza, coronel Eduardo Holanda. "O objetivo principal é garantir a segurança e a saúde da nossa população", afirma. 

Legenda: Bloqueio de trecho da Praia de Iracema visa evitar aglomeração e disseminação do novo coronavírus
Foto: Fabiane de Paula

A ação faz parte de uma iniciativa conjunta entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo de Estado para inibir aglomeração de pessoas na 'Praia dos Crushs' e em outros pontos da Capital, como a Praça da Gentilândia, Mercado dos Pinhões, Praia de Iracema, Mocinha e entornos do Benfica. Ainda de acordo com o secretário, não há previsão para o fim da operação

"Essa operação vem cada vez mais potencializando as ações, integrando mais órgãos como forma de ter mais eficiência. A gente vai continuar até que possa ter uma situação de saúde que dê segurança a nossa população. Não temos prazo pra encerrar esse tipo de operação", adianta. 

De acordo com o diretor de fiscalização da Agefis, Neuvanir Vasconcelos, o bloqueio da 'Praia dos Crushs' vai ocorrer, pelo menos, durante todos os fins de semana de janeiro, período que, segundo ele, é identificado tradicionalmente como pré-carnavalesco pelos foliões.  

"Vão ser colocadas grades para evitar que pessoas entrem, tenham acesso a faixa de areia, causando aglomeração como a gente tem visto nos fins de semanas anteriores. Vai ser uma operação parecida como ocorreu no Réveillon, na qual a gente teve sucesso em relação a isso.  Agentes de fiscalização, em todo o trecho e em toda a cidade, vem fazendo cumprir os decretos municipal e estadual de prevenção ao Covid", completa. 

Bloqueio inesperado

Esta é uma imagem de turistas de Brasília na Praia dos Crushs
Legenda: Turistas de Brasília são surpreendidas com bloqueio na Praia dos Crushs
Foto: Isaac Macêdo

As turistas de Brasília, Natale Carvalho, Ana Paula Ribeiro e Aldenice Carvalho foram surpreendidas com a instalação das grades no entorno da 'Praia dos Crushs'. As visitantes acreditam que, embora a medida seja importante para a prevenção da Covid-19, ela não terá impactos significativos para reduzir a transmissão do novo coronavírus. 

Legenda: O desrespeito às regras de distanciamento social é frequente na região
Foto: Fabiane de Paula

"De certa forma é paupável. Só que assim, eu discordo um pouco porque a gente termina saindo aqui dessa praia e indo para outro local, o que acontece que vai haver aglomeração do mesmo jeito. Embora a gente procure se distanciar das pessoas, mas aglomeração sempre vai haver", aponta Adelnice.

A reportagem flagrou outros banhistas que não tinham informação sobre o bloqueio, e que acabaram "furando" a medida, adentrando na praia e mar. 

Legenda: Estrutura similar foi montada na orla durante operação para coibir aglomeração no Réveillon
Foto: Fabiane de Paula

Mocinha

Após a 'Praia dos Crush' receber gradis em seu entorno para evitar aglomeração, o espaço de convívio comunitário localizado no Largo da Mocinha, entre as ruas João Cordeiro e Padre Climério, também foi bloqueado com grades como medida de prevenção a Covid-19. 

Legenda: Ação para coibir aglomeração nas proximidades do bar Teresa e Jorge, na Praia de Iracema
Foto: Fabiane de Paula

A praça tem registrado aglomerações recorrentes nos últimos finais de semana. De acordo Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel), o evento clandestino acontece na rua e é abastecido por ambulantes, após o horário de fechamento dos estabelecimentos. 

Legenda: Ações visam coibir aglomerações nas proximidades do bar Teresa e Jorge, na Praia de Iracema
Foto: Fabiane de Paula

O bar da Mocinha, que também está situado nessa região, foi interdidato na última sexta-feira (15) após descumprir as determinações do Decreto Estadual, que segue em vigência até o dia 31 de janeiro. O estabelecimento havia recebido uma série de notificações aplicadas por ultrapassar o horário de funcionamento permitido, às 22h. Com a medida, o bar está impedido de funcionar por sete dias.  

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza