Fortaleza vence Botafogo/PB e conquista título inédito da Copa do Nordeste

Wellington Paulista marcou o gol leonino com três minutos do primeiro tempo. O atacante foi autor do gol que deu a vitória ao Leão no jogo de ida, na última quinta (23), na Arena Castelão

Legenda: Com apenas 3 minutos de jogo, Wellington Paulista marcou o gol do título tricolor.
Foto: Foto: Thiago Gadelha

Com gol de Wellington Paulista, o Fortaleza venceu o Botafogo/PB pelo placar de 1 a 0 e conquistou o título de campeão da Copa do Nordeste. A partida aconteceu na noite desta quarta-feira (29), no estádio Almeidão, em João Pessoa.

>Fortaleza vence Botafogo/PB e conquista título inédito da Copa do Nordeste
>Título do Fortaleza na Copa do Nordeste coroa década vitoriosa do futebol cearense
>Opinião: Fortaleza é campeão com justiça, e Ceni é o maior técnico da história do clube
>Relembre momentos marcantes do título do Fortaleza na Copa do Nordeste
>Torcedores do Fortaleza são atingidos por bomba e se envolvem em confusão na Paraíba
>Torcida do Fortaleza invade João Pessoa na decisão do Nordestão
>Veja como foi a vitória leonina lance a lance
>Gabriel Diniz é homenageado na final da Copa do Nordeste

Após ter vencido o jogo de ida, na última quinta-feira (23), por 1 a 0, na Arena Castelão, com gol de Wellington Paulista, o atacante marcou novamente, desta vez na capital paraibana, e deu ao tricolor o título da competição regional. É o terceiro título - Brasileirão Série B 2018 e Cearense e Copa do Nordeste 2019 - do Leão em 1 ano e meio sendo comandado pelo técnico Rogério Ceni.

O jogo

Em primeiro tempo onde o Fortaleza começou com pressão total, os tricolores não demoraram muito para marcar. Em jogada que começou com Romarinho, com três minutos de jogo, Wellinton Paulista contou com a sobra da bola em um erro de Donato, que chutou em cima de Tinga, para empurrar para o fundo das redes e colocar o Leão na frente. Botafogo/PB 0x1 Fortaleza.

Com a vantagem do placar de 2 a 0 no agregado, a equipe de Rogério Ceni não baixou a guarda, mas passou a usar o setor ofensivo para contra-atacar. Com uma defesa bem postada, o Leão não teve muitos sustos. A única defesa feita por Boeck no primeiro período foi aos 33 minutos em chute de fora de Marcos Aurélio.

De volta para a etapa final, os donos da casa começaram pressionando para buscar, pelo menos, o empate. A primeira chance do Belo foi aos 9 minutos com Fábio Alves que recebeu cruzamento na área, aproveitou vacilo de Marcelo Boeck e da defesa tricolor, para cabecear. A bola passou muito perto da trave, mas foi para fora.

Precisando do resultado, o Belo continuou indo para cima e, aos 25 minutos, o goleiro leonino foi autor de uma grande defesa. Após bicicleta de Enercino dentro da área, bola sobrou para Dico encher o pé e obrigar o goleiro leonino a fazer a maior defesa da partida.

Com o relógio marcando 29, Marcinho perdeu um gol incrível. Após jogada entre Júnior Santos, Araruna e Marlon, o meia mandou para dentro da área. Em cima da linha e livre de marcação, o atacante do Leão marcou por cima da trave e perdeu a chance de ampliar o placar.

O placar agregado de 2 a 0 deu ao Fortaleza o título inédito de campeão da Copa do Nordeste. É o segundo título do Leão no ano, que também se sagrou campeão do Campeonato Cearense.