Bahia vence Ceará nos pênaltis e conquista a Copa do Nordeste de 2021

A decisão foi realizada neste sábado (8), na Arena Castelão

Jogadores do Ceará lamentam e do Bahia comemoram
Legenda: Jogadores do Ceará lamentam último pênalti. Baianos saem para comemoração
Foto: Thiago Gadelha

O Bahia foi campeão da Copa do Nordeste de 2021. Após vencer o Ceará no tempo normal por 2 a 1, neste sábado (8), a decisão foi para os pênaltis na Arena Castelão: os visitantes conseguiram o placar de 4 a 2 e ficaram com a taça regional pela 4ª vez na história do clube.

Nas cobranças, Lima e Fernando Sobral até converteram as cobranças, mas Jorginho parou no goleiro Matheus Teixeira, enquanto Marlon chutou para fora. Já no lado tricolor, Rodriguinho, Galdezani, Conti e Lucas Araújo converteram. O goleiro Richard defendeu a batida de Thonny Anderson.

Vale ressaltar que, no tempo regulamentar, o Bahia marcou duas vezes no 2º tempo: a primeira com Rodriguinho, em penalidade, e depois com Gilberto. O Ceará diminuiu com Jael, aos 39. Como a equipe de Porangabuçu tinha conquistado um resultado positivo na ida (1x0), a decisão foi para a marca do cal.

Primeiro tempo

Vizeu domina bola contra Conti
Legenda: Entre os centroavantes, Felipe Vizeu é o que jogou mais minutos nesta temporada
Foto: Thiago Gadelha / SVM

O Ceará entrou em campo no esquema tradicional 4-2-3-1 e buscou pressão desde o início. Com a bola e dificultando a saída do Bahia, criou perigo com Mendoza e Vina em arremates de fora da área.

O melhor momento ocorreu aos 8, com Oliveira acertando o travessão depois de cobrança de escanteio. Após resistir, o Tricolor de Aço foi para cima e apostou na velocidade do lado esquerdo.

Elenco do Bahia comemora gol na Arena Castelão
Legenda: Bahia vence nos pênaltis e conquistou a Copa do Nordeste
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Aos 40, em investida com Thaciano, o goleiro Richard fez duas grandes defesas. O Vovô até respondeu em contra-ataque, Vina driblou o arqueiro Matheus Teixeira, mas não conseguiu a finalização na reta final.

Segundo tempo

Vina dispura bola com goleiro do Bahia
Legenda: Ceará e Bahia protagonizaram uma partida muito acirrada na final da Copa do Nordeste
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Na volta do intervalo, o Ceará iniciou pressionando na saída da bola. O Bahia manteve a organização ofensiva e cresceu na pardida com avanços pelas laterais.

Aos 15, um lance polêmico. Em escanteio, o time baiano reclamou de toque na mão do zagueiro Luiz Otávio. Após análise do VAR, um pênalti foi marcado. Na batida, Rodriguinho deslocou Richard: 1 a 0.

A equipe alvinegra sentiu o placar e perdeu organização. O Bahia, em contra-ataque, aumentou com Gilberto: 2 a 0. Quando a taça estava ficando com os visitantes, o Ceará conseguiu diminuir o placar com Jael, aos 38. O Vovô lutou até o fim, mas não conseguiu o empate e encaminhou a finalíssima para as penalidades. Já nas cobranças, o Bahia venceu por 4 a 2 e foi campeão.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte