Sites de veículos de comunicação saem do ar em diversas partes do mundo

Não está claro o motivo do problema, que afetou portais do "Le Monde", "The Guardian", "Financial Times", entre outros

Financial times
Legenda: Entre os portais afetados está o do Financial Times
Foto: Reprodução

Veículos de comunicação de destaque em diversas partes do mundo tiveram seus sites retirados do ar na manhã desta terça-feira (8). Entre eles, os portais do "The New York Times", "Le Monde", "The Guardian", "Financial Times" e "CNN".

Segundo informações do portal G1, não está claro o motivo do problema. No entanto, quando se tentava acessar as páginas desses veículos, mensagens informavam que o serviço estava indisponível ou havia erro de conexão. 

Falha no provedor

A agência de notícias Reuters diz haver relatos que apontam para uma falha no provedor de serviços de computação na nuvem Fastly, baseado nos Estados Unidos. O site do governo britânico também ficou fora do ar. 

Segundo a Fastly divulgou em seu site, os impactos no desempenho dos serviços CDN estão sendo investigados.

Outras páginas, no entanto, funcionam normalmente, como as da "BBC", do "Washington Post", do "El País" e da "Al Jazeera".

O jornal britânico "The Guardian" afirmou em seu twitter que "o site e o aplicativo do The Guardian estão sendo afetados por uma grande interrupção da internet e estarão de volta o mais rápido possível".

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo