Biden abre vantagem contra Trump em estados decisivos nas eleições americanas

Na Pensilvânia, um desses estados, a polícia investiga uma suspeita de ataque a local de apuração de votos.

Legenda: Joe Biden e Donald Trump protagonizam a eleição mais incerta dos EUA dos últimos tempos
Foto: AFP

O candidato democrata Joe Biden abriu vantagem sobre seu rival, o presidente Donald Trump, no estado da Geórgia, crucial na disputa pela Casa Branca - informa a imprensa americana nesta sexta-feira (6). A apuração dos votos entra no quarto dia em estados decisivos nestas eleições.

Segundo as emissoras de televisão Fox e CNN, Biden foi reduzindo a distância em relação a Trump e agora lidera com uma diferença de 917 votos neste estado do sul do país. Caso o democrata vença na Geórgia, ele alcançará 280 delegados no Colégio Eleitoral e poderá ser eleito o novo presidente. 

O presidente e candidato republicano Donald Trump, que teve a vantagem reduzida na Pensilvânia - ainda com votos em apuração - relatou fraude em vários estados, entre eles Detroit, Michigan e a própria Pensilvânia

Suspeita de ataque na Pensilvânia

Diante da incerteza sobre quem será o presidente, e, no caso dos apoiadores de Trump, incitados pelos questionamentos sobre a lisura do sistema, milhares de pessoas foram às ruas em protestos por vezes violentos.

A polícia de Filadélfia, na Pensilvânia,  está investigando um plano para atacar o Centro de Convenções da cidade, um dos locais de apuração de votos. 

De acordo com a estação afiliada da rede ABC, em Filadélfia, um homem armado foi preso. A denúncia que a polícia recebeu era sobre um veículo Hummer, de características militares, vindo do estado de Virgínia.

Estados seguem em apuração

Quatro estados seguem contando votos nos EUA e podem decidir o resultado das eleições. Veja como está o andamento da apuração: 

Pensilvânia (20 votos no Colégio Eleitoral)

A secretária de Estado da Pensilvânia, Kathy Boockvar, afirmou à CNN que, até ontem, restavam cerca de 550 mil votos a serem processados.

Geórgia (16 votos no Colégio Eleitoral)

Cerca de 50.400 cédulas ainda deveriam ser contadas até a tarde de quinta-feira — 98% das urnas já foram apuradas. 

Carolina do Norte (15 votos no Colégio Eleitoral)

A lei estadual determina que cédulas enviadas pelo correio até o dia 3 de novembro e recebidas pelas autoridades eleitorais até o dia 12 de novembro devem ser incluídas na contagem. O resultado oficial só deve ser divulgado depois dessa data.

Nevada (6 votos no Colégio Eleitoral)

A lei estadual determina que cédulas enviadas pelo correio até o dia 3 de novembro e recebidas pelas autoridades eleitorais até o dia 13 de novembro devem ser incluídas na contagem. O resultado oficial só deve ser divulgado depois dessa data.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados