Médico é morto a tiros enquanto realizava atendimento em clínica particular na Bahia

Ele foi socorrido por outros funcionários do local e levado para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos

Médico é morto a tiros enquanto realizava atendimento em clínica particular na Bahia
Legenda: Na ocasião, pacientes — homens, mulheres, idosos e crianças — aguardavam na recepção da unidade de saúde, e ficaram assustados
Foto: Reprodução

Um médico pediatra foi morto a tiros enquanto realizava um atendimento em um consultório da clínica particular em que trabalhava, em Barra, no oeste da Bahia. O crime aconteceu na quinta-feira (23). As informações são do G1.

Ele foi identificado como Júlio César de Queiroz Teixeira, de 44 anos. A vítima também prestava serviços como clínico geral.

Imagens de uma câmera de videomonitoramento mostram que ele foi assassinado por volta das 8h30. Na ocasião, pacientes — homens, mulheres, idosos e crianças — aguardavam na recepção da unidade de saúde, e ficaram assustados.

Também é possível ver o criminoso chegando na clínica particular, entrando no consultório e saindo logo após ter matado o pediatra. Ele estava de capacete e usava calça jeans e camisa cinza.

Tiro na cabeça

De acordo com a Polícia Civil, duas mulheres e uma criança estavam no consultório quando o criminoso entrou na sala e efetuou disparos de arma de fogo contra o profissional de saúde. Um dos tiros atingiu a cabeça dele.

Ele foi socorrido por outros funcionários do local e levado para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. Ninguém além dele foi baleado.

Fuga

Também segundo os investigadores, um comparsa do atirador o aguardou do lado de fora da clínica particular para dar fuga a ele em uma moto. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) analisaram o local do crime.

A delegacia de Barra apura o caso para saber o que motivou a ação criminosa e prender os suspeitos. Júlio César era natural da cidade de Xique-Xique, cidade vizinha de Barra.


Assuntos Relacionados