Amarok 2023 é apresentada pela Volkswagem; conheça detalhes

Modelo não deve ser lançado no Brasil neste ano

Escrito por Redação,

Automóvel
Nova Amarok na cor marrom na estrada de terra.
Legenda: Modelo tem capacidade para transportar até 1,6 mil kg na carroceria.
Foto: Divulgação

Após uma série de flagras e teasers, a Volkswagen apresentou oficialmente a nova Amarok. O modelo foi desenvolvido junto à Ford Ranger e deve ser fabricado somente na África do Sul. Informações foram divulgadas pelo Autoesporte, da Globo.

De acordo com o portal, a segunda geração da caminhonete não deve chegar tão cedo ao Brasil. Isso porque a montadora pretende focar nos mercados da Austrália e de alguns países da Europa.

Por fora, a nova Amarok até se assemelha à geração anterior, presente no mercado desde 2010. Ela tem 5,35 metros de comprimento, um para-choque em 'X' e faróis full LED afilados. A carroceria apresenta vincos no capô, nas portas e caixas de rodas e na tampa da caçamba. Mas, por dentro, a picape é totalmente diferente, e traz uma série de inovações tecnológicas.

Capacidade de carga

A caçamba da nova picape da Volkswagem é capaz de transportar de 1 mil quilos até 1,6 mil kg. Também pode rebocar até 3,5 mil kg, e o teto foi projetado para suportar uma carga de 350 kg.

Motor

A caminhonete terá a opção de motor 2.0 turbodiesel de 150 cv ou 170 cv. Além disso, terá uma variação biturbo com potência de 209 cv. Os entusiastas do veículo também vão poder contar com uma configuração 3.0 V6 turbodiesel, com opções de 241 cv ou 250 cv, conforme o mercado.

Também será possível escolher um modelo de câmbio automático ou manual. No automático, os condutores vão poder desfrutar de 10 velocidades, duas a mais que o câmbio tradicional, que disponibiliza oito marchas.

Nova Amarok na cor azul.
Legenda: A nova Amarok deve ser produzida na África do Sul e circular, principalmente, pela Austrália e por alguns países europeus.
Foto: Divulgação

Design interior

Diferentemente da parte exterior, que manteve grande parte das características da versão de 2010, o interior da nova Amarok foi completamente remodelado. A grande novidade é uma central multimídia com tela na vertical, no estilo da Fiat Toro, que pode ter 10 ou 12 polegadas.

Interior da nova Amarok.
Legenda: Interior da nova Amarok.
Foto: Divulgação

O painel de instrumentos também é totalmente digital. O volante é multifuncional, o mesmo dos modelos da família de elétricos da Volkswagem, e tem botões inéditos como o Controle Adaptativo de Cruzeiro (ACC).

Há, também, uma nova manopla de câmbio, ar-condicionado digital, freio de estacionamento eletrônico e compartimento para carregamento de celular por indução (wireless charger).

O sistema de som é da marca Harman-Kardon.

Reestilização da Amarok antiga

No mercado brasileiro, somente haverá a circulação de uma Amarok "levemente reestilizada", que continuará sendo importada da Argentina, onde é fabricada atualmente.

Porém, segundo o Autoesporte, a nova geração da Ford Ranger, que serviu de base para a nova Amarok, deve ser lançada e comercializada no País em 2023.

Assuntos Relacionados