Psicóloga dá dicas para os pais em volta às aulas dos filhos

Paciência e flexibilidade com filhos são algumas das dicas da psicóloga infantil Isa Vaal

Escrito por Redação,

Ser Saúde
Especialista  orienta pais a reforçar os filhos quanto ao uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social
Legenda: Especialista orienta pais a reforçar os filhos quanto ao uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social
Foto: Fabiane de Paula

O ano de 2021 chegou, mas a pandemia do coronavírus segue com reflexo em diversos setores: educação, economia, lazer, saúde, entre outros. O retorno a vida escolar acaba sendo um desafio para pais e alunos. As distrações em casa e a liberdade acabaram acomodando a rotina de estudante. Pensando nisso, a psicóloga infantil Isa Vaal separou três dicas para ajudar os pais orientarem filhos nos desafios da retomada escolar. 

1º Muita conversa e informação

Isa Vaal ressalta os cuidados e ensinamentos dos protocolos de segurança contra a Covid-19 como necessário em um diálogo aberto. "Converse calmamente com seu filho de maneira clara e precisa sobre a importância de voltar à rotina escolar e principalmente da necessidade de cumprir as medidas protetivas de higienização para evitar a contaminação. Reforce a necessidade de lavar as mãos, usar máscara, álcool em gel e evitar abraços e beijos nos amigos no momento. Repasse diariamente com seu filho este passo a passo e explique o que pode acontecer, caso ele não tome cuidado".

2º Seja flexível

A psicóloga infantil pede aos pais flexibilidade das atividades diárias para evitar desconforto na rotina escolar. "É importante entender que crianças e adolescentes em idade escolar podem se sentir estressados ou ter dificuldades na readaptação da rotina. É natural que depois de tanto tempo afastado, eles tenham resistência ou algum desconforto com esta volta à rotina. Converse, veja o que o incomoda e seja flexível para que aos poucos ele se acostume".  

3º Ser paciente

Por fim, a especialista orienta que seja mostrado aos pequenos um panorama sobre a situação da imunização contra a Covid-19. "Explique ao seu filho que esta situação é temporária. É um momento diferente para todos e é preciso muita paciência para que em breve tudo volte ao normal. Mostre a ele que a vacinação já foi iniciada, se coloque à disposição para conversar sobre qualquer dúvida em relação à doença e o tranquilize que é um momento que irá ser passageiro".

 

Assuntos Relacionados