Vidraceiro é morto após ser atingido por disparos aleatórios no bairro Jangurussu

Pedro Gomes Nogueira, de 37 anos, não resistiu aos ferimentos. Os suspeitos pelo homicídio ainda não foram identificados

Um homem de 37 anos que trabalhava como vidraceiro foi morto neste sábado (25) após ser atingido por tiros no bairro Jangurussu, em Fortaleza. Segundo a polícia, o tiro que o matou foi disparado aleatoriamente por alguém não identificado. A 3ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) é a responsável pelas investigações referentes ao caso.

Pedro Gomes Nogueira foi surpreendido com tiros em frente a um imóvel situado na Rua Nara Leão. Na ocasião, indivíduos se aproximaram e efetuaram disparos contra o vidraceiro. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. A vítima não possuia antecedentes criminais.

A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas pela região. Equipes do DHPP e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também estiveram no local e realizaram os primeiros levantamentos sobre o fato. O homicído segue sendo investigado.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir repassando informações que possam ajudar nas investigações. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O Estado afirma garantir o sigilo e o anonimato.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança