Suspeito de matar namorada na frente do filho confessa crime: 'perdi a cabeça e furei ela'

A vítima foi assassinada a facadas no interior do Ceará. O suspeito deve passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (13), a partir das 14h

feminicidio mulheres
Legenda: Pelo menos 23 crimes de feminicídio são contabilizados no Ceará só em 2021
Foto: VC/Repórter

O namorado da adolescente Fernanda Alves Ribeiro, morta a facadas nesse fim de semana, confessou à Polícia ter cometido o crime durante discussão do casal. A reportagem apurou que já na delegacia, Antônio Kleuton Alves Costa disse às autoridades: "perdi a cabeça e furei e ela".

A Justiça agendou a audiência de custódia de Kleuton para esta quarta-feira (13), às 14h.

O Ministério Público do Ceará (MPCE) já se posicionou pela manutenção da prisão do suspeito. Para o órgão, a prisão em flagrante deve ser convertida em preventiva com intuito de preservar a ordem pública, sendo necessária para a instrução criminal e considerando que em consulta aos antecedentes criminais o custodiado já tinha farto histórico de criminalidade. 

Conforme versão do suspeito preso em flagrante no domingo (10), por volta das 5h eles começaram a discutir em casa, no município de Tauá, e o crime aconteceu. A jovem foi morta na frente do filho dela, de sete meses de idade.

Já com este caso, só em 2021, com base nos dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), pelo menos 23 mulheres foram vítimas de feminicídio no Ceará. Os meses com mais casos até então são agosto e setembro.

Juntos há 4 meses

Consta nos autos que vítima e suspeito mantinham relacionamento amoroso e moravam juntos há quatro meses. Eles tinham ido a uma festa no sábado (9) e teriam começado a discutir ainda nesse local. Já em casa, no início da manhã, Fernanda foi atingida e morreu. O corpo dela foi encontrado ensaguentado, deitado em uma cama.

Kleuton fugiu da residência e se escondeu na casa dos pais. Policiais militares receberam informações sobre o paradeiro dele e efetuaram a prisão em flagrante. A faca utilizada no crime foi apreendida e o suspeito conduzido ao plantão da Delegacia Regional de Tauá, unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) responsável pela investigação do caso.

O deferimento do pedido, em suma, acabará por acautelar o meio social e a própria credibilidade da Justiça, garantindo-se, assim, a ordem pública,devendo ser considerado, ainda, que o custodiado possui em sua Consulta de Antecedentes Criminais Unificada farto histórico de criminalidade pelo suposto cometimento de diversos outros delitos, dentre eles várias práticas do crime de roubo, violação de domicílio, associação criminosa, desacato, resistência e crimes de trânsito, inclusive já tendo sido condenado em sentença transitada em julgado"
MPCE

A defesa do suspeito detido não foi localizada.

DEMAIS CASOS

Fernanda Alves Ribeiro foi assassinada em razão de gênero logo no Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher. A maior parte dos crimes de feminicídio no Ceará têm em comum a característica de serem praticados dentro da residência do casal, e com o uso de arma branca.

No último mês de junho, um caso em Fortaleza chamou a atenção da população. Juscelino de Amorim Barbosa foi preso sob a suspeita de assassinar a esposa. Em depoimento, ele confessou ser o autor do crime e detalhou a tragédia.

Segundo Barbosa, o casal consumia bebida alcoólica quando começaram a brigar. Ele disse que deu uma pancada na Glaucia Martins da Silva com um pedaço de pau e depois a asfixiou com um arame. Em seguida, escondeu o corpo da vítima embaixo do sofá, onde foi encontrado pela filha dela. Juscelino foi denunciado pelo MPCE ainda no mês de junho, segue preso e o processo tramitando.

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados