Quase meia tonelada de cocaína que ia para a Holanda é apreendida no Porto de Fortaleza

A partir do preço presumido da droga na Holanda, a Receita Federal calcula a apreensão em 40 milhões de euros, ou o equivalente R$ 250 milhões

Escrito por Redação,

Segurança
Drogas expostas
Legenda: É a maior apreensão da Receita em Fortaleza e também a maior do Porto
Foto: Divulgação / Receita Federal

A Receita Federal apreendeu 487 quilos de cocaína no Porto de Fortaleza, nesta terça-feira (14). A droga estava armazenada em contêiner, identificada como 'algas marinhas em pó', e seria enviada par Roterdã, na Holanda.

O órgão calcula que a mercadoria ilegal vale cerca de R$ 250 milhões

Segundo a Receita Federal, a mercadoria foi localizada pela Equipe de Análise de Risco. Em seguida, um cão farejador da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp) confirmou se tratar de entorpecentes. 

Cão farejador
Foto: Receita Federal / Divulgação

"Na carga selecionada para verificação física foram extraídas amostras, que já foram submetidas, até o momento, a dois testes presuntivos de cocaína: narcoteste químico e apontamento por cão de faro da Receita Federal, ambos confirmando a presença de entorpecente em alta concentração", informou o órgão.  

A confirmação definitiva, acrescentou depende de laudo pericial, a partir de amostra do material já colhida e a ser encaminhada à Polícia Federal.

Segundo o órgão, essa é a maior apreensão da Receita em Fortaleza e também a maior do Porto.

Em nota, a Companhia Docas do Ceará (CDC) informou que, por se tratar de área alfandegada, a condução e informações adicionais desta apreensão encontram-se sob sigilo.

 

Telegram
 

Antes de ir, que tal se atualizar com as notícias mais importantes do dia? Acesse o Telegram do DN e acompanhe o que está acontecendo no Brasil e no mundo com apenas um clique: https://t.me/diario_do_nordeste