Força Nacional começa a ser retirada do Ceará ainda nesta semana

O secretário nacional de seguranca pública, General Theofilo, não informou em quanto tempo será concluído o procedimento

O secretário nacional de seguranca pública, General Theophilo, informou, na manhã desta terça-feira (5), em Brasília, que as tropas federais que atuam no combate aos ataques criminosos no Ceará começarão a retiradas do Estado ainda nesta semana. 

Mas, por questão de seguranca, o secretário não informou em quanto tempo será concluído o procedimento. Na avaliação da secretaria vinculada ao Ministério da Justiça, após 30 dias de atuação, houve a diminuição dos ataques e é possível fazer a retirada dos 420 homens da Força Nacional gradativamente, sem riscos para a retomada das ações criminosas.

Theophilo informou que já definiu com o Governo do Estado a estratégia para manter a segurança no Ceará utilizando o efetivo policial do estado. 

Caso os ataques criminosos sejam retomados, automaticamente, sem necessidade de uma nova solicitação do governador Camilo Santana, o reforço da Força Nacional será novamente destacado para o Estado.

O general informou também que 100 agentes penitenciários devem começar a atuar em 17 presídios do Ceará. Segundo o general, o efetivo já está destacado para vir outros estados. O Ministério da Justiça vai liberar os recursos para o pagamento de diárias e alimentação dos agentes.

Sobre o ataque a caminhão na madrugada desta segunda-feira (4) , Theophilo informou que o secretário de segurança pública do Ceará, André Costa, descartou qualquer ligação com o crime organizado.


Assuntos Relacionados