Imagem de Nossa Senhora das Candeias, furtada de Igreja em Jaguaribe, é encontrada

Peça religiosa foi encontrada em cemitério junto a um bilhete com pedido de desculpas

Imagem de Nossa Senhora das Candeias
Legenda: Peça foi esculpida em madeira, e tem valor intangível para o município
Foto: divulgação

A imagem de Nossa Senhora das Candeias, furtada do altar principal da Igreja Matriz de Jaguaribe na última quarta-feira (9), foi localizada. O objeto foi achado no Cemitério do Município, localizado a 300 quilômetros de Fortaleza, junto a um bilhete de desculpas.

A peça religiosa foi achada por funcionários da zeladoria dos túmulos. Com a imagem, havia um recado em que o escrevente rogava para não ser preso.

O padre José Peixoto Alves, em vídeo, avalia que a repercussão do sumiço por parte dos meios de comunicação levou ao resgate da peça. "Eu acredito que isso tenha provocado o arrependimento em quem praticou este ato", considerou.

A Pastoral Nossa Senhora das Candeias (PNSC), em nota, comemorou a recuperação da imagem da santa, padroeira do município jaguaribano. "Agradecemos aos profissionais envolvidos e as orações de todos neste tempo de espera e aflição", diz trecho do texto.

Altar da Igreja Matriz de Jaguaribe com imagem da Santa de Nossa Senhora das Candeias
Legenda: Após ser achada, imagem foi devolvida ao local original
Foto: divulgação

Esculpida em madeira, a imagem da santa tem valor religioso, artístico, cultural e sentimental para os religiosos. Além disso, segundo o historiador Jucieldo Alexandre, o patrimônio tem valor intangível para a memória da comunidade local.

Desaparecimento

Devotos da santa foram à igreja, na quinta-feira (9), para lamentar a ausência do item religioso. Houve quem chorasse abalado pelo ocorrido. O secretário da paróquia, Jonilson Peixoto, acredita que o furto ocorreu entre 5h e 6h da quarta, durante abertura para visitação de fiéis.

A paróquia de Nossa Senhora das Candeias registrou, no dia seguinte ao furto, Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia Regional de Polícia Civil de Jaguaribe e pediu à Prefeitura liberação de imagens de câmeras de segurança existentes na praça em frente à Igreja Matriz, com o intuito de tentar localizar algum suspeito.

“Esperamos que o autor desse furto se arrependa e possa devolver esse patrimônio religioso, o quanto antes, e mantemos a nossa fé viva que tudo vai terminar bem”, disse o pároco na ocasião.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará