Chuva causa alagamentos em Fortaleza e cidades dos interior do Ceará; veja imagens

O maior acúmulo foi registrado em Morada Nova (75 mm), na região do Jaguaribe. Chuvas devem continuar até sexta (10), segundo a Funceme

Legenda: Chuva traz transtornos ao trânsito
Foto: José Leomar

Fortaleza e cidades do litoral e interior do Estado tiveram alagamentos durante a chuva desta quarta-feira. Uma árvore também caiu em cima de um carro durante a precipitação na Capital.  

De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), mais de 80 municípios tiveram registro de precipitação entre 7h da terça-feira (7) e 7h desta quarta (8). Em Fortaleza, o posto do Bairro Pici registrou um volume de 18,8 milimetros.

No bairro Aerolândia, em Fortaleza, a chuva invadiu casas e deixou moradores ilhados. As ruas Jaime Andrade e João Albano amanheceram tomadas pela chuva e, por isso, alguns motoristas não conseguiram trafegar.

Outros condutores conseguiram fazer a travessia com dificuldade, mesmo com o alto nível da água. De acordo com moradores, os alagamentos são recorrentes nesses pontos em períodos chuvosos.

A árvore caiu em cima do carro que estava parado no semáforo da Rua Érico Mota, no Bairro Parquelândia,e apesar do estrago no veículo ninguém ficou ferido. Uma equipe da Autarquia Municipal de Trânsito de Fortaleza(AMC) foi ao local para controlar o tráfego de veículos.

Legenda: Chuva alagou casas na Aerolândia, em Fortaleza
Foto: José Leomar

Problemas 

Nas primeiras horas da manhã, moradores registraram pontos de alagamento em Beberibe, região Norte do Estado, e Juazeiro do Norte, no Cariri. Em vídeos enviados ao Sistema Verdes Mares é possível observar o acúmulo de água em área próxima a CE-040, em Beberibe.  O trecho está em obras. Já em Juazeiro do Norte, a rua Maria Ednir Bezerra, no bairro Bairro José Geraldo da Cruz, registrou alagamento. O trânsito ficou lento no local. Outros pontos da cidade também foram alagados.

Já em Ubajara, a passagem molhada do "Boi Morto" transbordou pela primeira vez no ano.

Fenômeno favorável

O maior volume pluviométrico foi registrado na cidade de Morada Nova (75 milímetros), na região do Jaguaribe. Milagres (64 mm), Ibiapina (63.5 mm), Crato (47 mm) e Aracati (46.8 mm) fecham os cinco municípios com maiores acúmulos no período.

Segundo a Funceme, o Ceará segue com umidade significativa em baixos níveis, elemento que favorece a formação de áreas de instabilidades, principalmente na porção oeste. “A presença de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) ao sul da Bahia também colabora para precipitações”, informou o órgão.

Nas imagens de satélite da Funceme, “observam-se nuvens em todo o estado do Ceará, bem como em praticamente todo o Nordeste. As nuvens significativas de chuva encontram-se sobre a região central e norte do estado do Piauí e nordeste do Ceará”, finaliza o órgão. 

Prognóstico

Para amanhã, a previsão é de nebulosidade variável em todas as regiões com chuva isolada na faixa litorânea, no Maciço de Baturité e no Cariri. Nas demais regiões, possibilidade de chuva. Na sexta-feira, a previsão é de nebulosidade variável com possibilidade de chuva em todas as regiões.

10 maiores chuvas, por posto (até às 9h35):

  1. Morada Nova (Posto: Fazenda Lacraia) : 75.0 mm
  2. Milagres (Posto: Milagres) : 64.0 mm
  3. Ibiapina (Posto: Ibiapina) : 63.5 mm
  4. Crato (Posto: Lameiro) : 47.0 mm
  5. Aracati (Posto: Aracati) : 46.8 mm
  6. Brejo Santo (Posto: Poco Do Pau) : 46.4 mm
  7. Palhano (Posto: Palhano) : 44.0 mm
  8. Aurora (Posto: Ingazeira) : 41.0 mm
  9. Groaíras (Posto: Groairas) : 38.6 mm
  10. Martinópole (Posto: Martinopole) : 37.0 mm
Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará