Casinha do Papai Noel é atrativo em Paraipaba

A instalação natalina foi montada na calçada de uma casa e recebe diariamente visitantes para fotos e filmagens. Neste ano, a casa decorada homenageou também a matriarca da família, Framcisca Costa, que morreu há sete meses

Paraipaba
Legenda: Família transforma casa em atração de natal, em Paraipaba

Nessa época do ano, famílias do interior cearense mantêm a tradição de decorar as casas e montar instalações com motivos natalinos. É o desejo de fraternidade e de paz que invade os corações e impulsiona moradores a se reunirem em família. Outros querem partilhar esse espírito natalino com toda a cidade.

Um exemplo vem de Paraipaba, no Litoral Leste cearense, a 94km de Fortaleza. A casa de Rosa Santos é um atrativo para a população local. Em frente à residência, a família instalou a casinha do Papai Noel. A cada ano tem cores, homenagens e peças decorativas diferentes. A renovação do projeto cria expectativa entre os moradores.

Em seu interior, muitas luzes, uma árvore de Natal que gira, uma Mamãe Noel e um sofá vermelho à espera dos visitantes, além da estante com enfeites, uma lareira, uma manjedoura com o Menino Jesus e muitas peças decorativas. A instalação é montada na calçada e sobre o telhado da casa ainda são colocadas outras peças – trenó e pacotes de presentes.

Um Papai Noel, que canta e dança, fica ao lado, dando boas-vindas aos visitantes. A instalação é simples, mas se transforma em um espaço de magia. A solidariedade e o amor fraterno se espalham entre todos.

A cada ano é feita uma homenagem. Em 2018, foi ao urso polar. No ano seguinte, ao Menino Jesus e, neste ano, à matriarca da família, Francisca Costa (Nova), que faleceu aos 70 anos, há sete meses.

A montagem da casinha de Natal é feita pelos irmãos Gleison Costa, motorista e montador de móveis, que mora em Fortaleza, e Rosa Santos, a dona da casa. O trabalho demanda cinco dias, após definição do projeto. O gasto é estimado em torno de R$ 4 mil.

Legenda: A montagem da casinha de Natal é feita pelos irmãos Gleison Costa e Rosa Santos. Eles passam cindo dias monatando a instalação, que custa cerca de R$ 4 mil
Foto: Reprodução

À noite, a casinha fica aberta para os visitantes. A maioria aproveita o cenário para fazer fotos e vídeos. “A gente sempre gostou de enfeitar a nossa casa no Natal, em Fortaleza, no Jardim Guanabara”, lembrou Gleison Costa. “Com a mudança de mamãe para Paraipaba, mantivemos o costume”.

Após o casamento, Rosa Santos foi morar com o marido, Cleumir Cruz, em Paraipaba. A mãe foi em seguida, há 15 anos.

Na comemoração do aniversário da matriarca e no Natal, a família se reunia em Paraipaba. “Este ano está sendo difícil para todos nós porque será o primeiro Natal sem a presença dela”, pontuou o filho, Gleison Costa. “Estamos tristes, mas temos a fé de que Jesus a chamou porque precisava dela”.  A família é formada por quatro filhos e seis netos.

A instalação fica na calçada, exposta, mas se mantém preservada porque os moradores respeitam a proposta da família que se relaciona com o Natal e “representa união, paz, confraternização e fraternidade”, conforme frisou Gleison Costa.

A dona da casa, Rosa Santos, mostra-se feliz em partilhar o sentimento de alegria e de amor com os vizinhos e moradores mais distantes. “Queremos dividir esse momento de magia com todos, dá oportunidade para as crianças tirarem fotos com os pais, guardarem a lembrança de alegria, de encantamento”, pontuou. “A gente faz isso por amor, para manter a tradição familiar”.

A aposentada Marlene Barreto já levou as duas netinhas para visitarem a casa do Papai Noel. “A mãe fez fotos, gravou tudo no celular”, disse. “As meninas vão crescendo e a gente vai renovando todos os anos as fotos para ficarem de lembrança”.

O mototaxista Luís Fernandes, observa que ao se aproximar a semana do Natal aumenta o número de pessoas que visitam a casa. “Neste ano, pode ser diferente por causa dessa pandemia, mas faz fila na noite de Natal”, disse. “É uma ideia simples, mas que deu certo, porque é feita com amor”.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará