Brejo Santo suspende atividade de bancos e transporte público em novo decreto de isolamento

Supermercados e distribuidoras de gás só poderão atender por delivery. Presencialmente, farmácias só poderão vender remédios

Prefeita de Brejo Santo, Gislaine Landim
Legenda: Prefeita do município antecipou medidas em transmissão ao vivo na última segunda (29).
Foto: reprodução/Facebook

A Prefeitura de Brejo Santo, na região do Cariri cearense, decretou, na segunda-feira (29), medidas mais rígidas no combate ao novo coronavírus. Agora, até parte das atividades essenciais — a exemplo de bancos e supermercados — terão restrições no município entre esta quinta-feira (1º) e o domingo (4).

A data prevista para o fim das medidas é a mesma do atual lockdown decretado pelo governador Camilo Santana no Estado.

Segundo o Artigo 14º do documento, "todas as atividades comerciais, bancárias, industriais e de serviços em atendimento presencial ou na modalidade delivery quer para a prática de atividades internas, externas, produtivas, de manutenção, de limpeza ou outra de qualquer natureza, exceto segurança" terão funcionamento suspenso entre esta quinta-feira (1º) e domingo (4).

O segundo parágrafo do mesmo artigo indica que supermercados e distribuidoras de gás, além de seus similares, somente poderão funcionar mediante serviço de entrega (delivery) durante esse período.

As farmácias, por sua vez, poderão ter atendimento presencial, desde que apenas para a compra de remédios — clientes não poderão adquirir outros produtos nos locais, que devem interditar a venda dos demais itens.

Os serviços de transporte coletivo público também estão interrompidos nesse prazo.

Embora já estejam em lockdown desde 13 de março por força de decreto estadual, os municípios têm prerrogativa de adotar medidas que ampliem as restrições contra a circulação dos vírus em seus territórios. Tal ação é respaldada no próprio texto do Governo do Estado e reafirmada na publicação de Brejo Santo.

Antecipação de feriado

A Prefeitura de Brejo Santo determinou, também, antecipação do feriado do Dia do Trabalho, originalmente datado em 1º de maio, para o sábado (3).

Situação da Covid-19 em Brejo Santo

A prefeita do município, Gislaine Landim, afirmou, na segunda-feira (29), em transmissão ao vivo nas redes sociais, que os casos e óbitos pelo novo coronavírus "têm aumentado assustadoramente" na localidade.
 

Mesmo com a secretaria municipal da Saúde tendo feito "grandes esforços" em parceria com outros órgãos, a gestora municipal afirma que tem sido vista "desobediência por parte de algumas pessoas" em relação ao decreto.

"Tenho a responsabilidade, mesmo que a contragosto, de tomar medidas mais restritivas e mais duras no intuito principal de salvar vidas", destacou Gislaine, pedindo atenção e compreensão ao documento. 

Balanço da plataforma IntegraSUS, gerenciada pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), obtido às 9h42 desta quarta (31), indica que, dos 69 óbitos por Covid-19 foram registrados no município desde o começo da pandemia, 34 ocorreram entre os dias 1º e 30 deste mês.

Conforme o portal da Sesa, o município acumula, desde o começo da pandemia, 5.297 casos confirmados de Covid-19, dos quais 1.356 foram registrados nesse período de 30 dias. Ao todo, há, ainda, 422 registros em análise.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará