Afogamento de estudante causa comoção em Icó

José Rodolfo da Silva Franco, 14 anos, não sabia nadar

Um caso de afogamento ocorrido na última quinta-feira (31), às 16h40, no sítio Umaitá, no Rio Salgado, teve desfecho trágico na última sexta (1º), depois de o subtenente Lavonier e soldados Fagner, Renato e Adauto, do corpo de bombeiros de Iguatu, passarem quase 10 horas fazendo buscas pelo estudante José Rodolfo da Silva Franco, de 14 anos.
 
Rodolfo era filho do agricultor Geraldo José da Silva e de Maria das Graças Franco e residia com os pais e mais 7 irmãos no bairro Cruzeirinho. Sem saber nadar, o adolescente acabou se afogando no rio Salgado. O corpo do estudante foi encaminhado de Icó para ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Iguatu. 
 
Solidariedade
 
Com a energia cortada e passando por necessidades, a família do rapaz recebeu ajuda após uma campanha feita por um radialista da cidade. Em poucas horas, foram arrecadados R$ 1.500 e dezenas de de cestas básicas.
 
Com informações de Richard Lopes
Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará