Ação educativa sobre uso de celular no trânsito acontece em Juazeiro do Norte

Entre janeiro e agosto do ano passado, foram autuadas 1.280 pessoas pelo Detran pelo uso do aparelho enquanto dirige

Foto: Foto: Lino Fly

O Departamento Municipal de Trânsito de Juazeiro do Norte (Demutran) está realizando, até o fim deste mês de janeiro, uma ação educativa para conscientizar os condutores sobre os riscos de usar o celular ao volante. A campanha “Não tem notificação mais importante que a sua vida” acontece nos cruzamentos mais movimentados da terra do Padre Cícero. A prática está entre as 40 infrações mais comuns do Ceará.  

A multa pelo manuseio e uso de telefone celular enquanto dirige foi incluído no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) pela Lei nº 13.281, de 2016. Entre janeiro e agosto do ano passado, foram autuadas 1.280 pessoas pelo Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), somando os três códigos de infração deste tipo: “Dirigir veículo utilizando-se de telefone celular” (07366-2), “Dirigir veículo segurando telefone celular” (07633-1) e “Dirigir veículo manuseando telefone celular” (07633-2). 

"Decidimos intensificar esse trabalho, com foco num trânsito sem celular, porque fizemos uma pesquisa informal, no mês passado, observando o comportamento dos motoristas e motociclistas, e nos assustou a recorrência do uso do aparelho," explicou a Gerente do Setor de Educação do Demutran, Eliana Leite. 

Estima-se que usar o celular ao volante é tão perigoso quanto dirigir sob efeito de álcool e que teclar ou atender uma ligação enquanto dirige amplia em 400 vezes a chance de provocar um acidente, que pode ser fatal. 

Classificada como “gravíssima” pelo CTB, a infração por uso de celular ao volante pesa no bolso. São R$ 293,47, além de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A multa pode ainda ser combinada com outro tipo de infração, a condução de veículo sem as duas mãos na direção, que custa R$ 130,16 e rende mais cinco pontos na CNH. 

"Mesmo com o carro parado no semáforo ou no engarrafamento, o manuseio de aparelhos eletrônicos continua sendo infração passível de multa", alertou Leite. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará

Assuntos Relacionados