Vereadores aprovam criação do Dia Municipal de Homenagem às Vítimas da Covid-19 em Fortaleza

Proposta estabelece o dia 26 de março no Calendário Oficial

Júlio Brizzi na tribuna
Legenda: Proposta de Júlio Brizzi (PDT) estabelece o dia 26 de março no Calendário Oficial
Foto: Érika Fonseca/CMFor

Os vereadores de Fortaleza aprovaram nesta quinta-feira (21) uma lei que estabelece no calendário oficial da Capital o Dia Municipal de Homenagem às Vítimas da Covid-19. A data proposta é o dia 26 de março, marca do primeiro óbito registrado no município, em 2020. A proposta segue para redação final e, após, para sanção do prefeito José Sarto (PDT). 

O projeto foi apresentado pelo vereador Júlio Brizzi (PDT) e aprovado por unanimidade na sessão desta quinta-feira. No texto, o parlamentar destaca que a intenção é "prestar homenagens aos cidadãos que foram vítimas do vírus, a todos os profissionais, gestores e trabalhadores na linha de frente".  

"A situação gravíssima enfrentada pela população jamais deve ser deixada no esquecimento, especialmente pelas diversas pessoas que tiveram a perda de seus queridos familiares ocasionadas pelo terrível vírus", justifica ainda o parlamentar. 

A primeira vítima de Covid-19 em Fortaleza foi um homem de 72 anos, identificado como José Maria Dutra, que residia na Capital.

Ele mantinha uma vida ativa e apresentava como comorbidade uma diabetes e que era controlada, segundo o familiar.  No laudo da morte consta que o idoso morreu em decorrência de uma "insuficiência respiratória causada por uma infecção pulmonar por Covid-19".