Cidades do Ceará registram protesto contra Bolsonaro

Em Fortaleza, grupos se solidarizam com padre Lino, atacado durante celebração

Movimentos sociais protestam contra posições do presidente Jair Bolsonaro
Legenda: Movimentos sociais protestam contra posições do presidente Jair Bolsonaro
Foto: Thiago Gadelha/SVM

Organização de sindicatos, movimentos sociais e partidos de esquerda se reuniram em protestos contra Jair Bolsonaro no Ceará, na tarde deste sábado (24). Atos foram registrados em Fortaleza e em municípios como Baturité, Caucaia, Juazeiro do Norte, Morada Nova e Quixadá. Os protestos fazem parte de uma série de manifestações nacionais que pedem o impeachment do presidente e mais vacinas contra a Covid-19. 

Na capital cearense, movimentos sociais iniciaram atos na Praça Portugal com destino ao Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Placas com frases como "Fora Bolsonaro!", "Voto impresso é golpe" e mensagens a favor do uso de vacinas contra a Covid-19 foram erguidas por manifestantes. 

Grupos também prestaram apoio ao Padre Lino. Em 11 de julho, o sacerdote foi hostilizado por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante missa na Paróquia Nossa Senhora da Paz, no bairro Aldeota, em Fortaleza.

Placa com apoio ao padre  Lino Allegri
Legenda: Placa com apoio ao padre Lino Allegri
Foto: Thiago Gadelha/SVM

Baturité

Atos contra o presidente Jair Bolsonaro no Centro de Baturité
Legenda: Atos contra o presidente Jair Bolsonaro no Centro de Baturité
Foto: CUT Ceará//Facebook

Diversos movimentos sociais e sindicais se reuniram na Praça Matriz para protestar contra Jair Bolsonaro. A atividade contou com a presença de Carmem Santiago, secretária de saúde do trabalhador da CUT Ceará.

Os manifestantes pediam por vacina, fim das privatizações e se mostraram contra todas as medidas que retiram os direitos dos trabalhadores.

Caucaia

Atos contra o presidente Jair Bolsonaro no Centro de Baturité
Legenda: Atos contra o presidente Jair Bolsonaro no Centro de Baturité
Foto: CUT Ceará//Facebook

Na Região Metropolitana de Fortaleza, em Caucaia, cearenses também lotaram uma das principais praças localizadas no Centro. Além da população protestar contra o atual presidente, também foi pedido em faixa a conclusão das obras do Terminal das Malvinas

Juazeiro do Norte

Mobilização contra o governo de Jair Bolsonaro no Centro de Juazeiro do Norte
Legenda: Mobilização contra o governo de Jair Bolsonaro no Centro de Juazeiro do Norte
Foto: CUT Ceará/Facebook

No Cariri, na cidade de Juazeiro do Norte, movimentos sociais e sindicais se reuniram na Praça da Prefeitura. Centenas de pessoas formaram mobilização que percorreu ruas do Centro do município. Manifestantes exaltaram o uso benéfico das vacinas contra a Covid-19 e o trabalho dos profissionais de saúde por meio de placas com frases como: "O SUS salva vidas. Ele não".

Morada Nova

População em protesto contra Jair Bolsonaro no Centro de Morada Nova
Legenda: População em protesto contra Jair Bolsonaro no Centro de Morada Nova
Foto: CUT Ceará/Facebook

No interior do Ceará, no município de Morada Nova, a movimentaçã aconteceu na Praça Eduardo Girão. A atividade contou com a presença de Josué Cândido, secretário de organização e política sindical da CUT Ceará. Em placas, manifestantes pediam auxílio de R$600

Quixadá

Adesivação de veículos em Quixadá
Legenda: Adesivação de veículos em Quixadá
Foto: CUT Ceará/Facebook

No Sertão Central, em Quixadá, manifestantes se reuniram na Praça José de Barros para protestar. Movimento realizou adesivação de veículos com banner "Fora Bolsonaro".