Rajadas de vento com média de 50 km/h são registradas no CE entre quarta (12) e quinta (13)

Segundo a Funceme, a Capital, por exemplo, registrou rajadas de 49,31 km/h

Árvore caída em Fortaleza
Legenda: Em Fortaleza, os ventos e a precipitação chegou a afetar árvores pela cidade
Foto: VC Repórter

Rajadas de vento em torno de 50km/h foram registradas no Ceará no período entre as manhãs de quarta (12) e quinta-feira (13), conforme aponta relatório da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos, a Funceme. 

Segundo o boletim, os ventos estariam associados a uma atuação de cavado em superfície, que se formou sobre o oceano Atlântico ao norte da região Nordeste.

Dessa forma, este sistema causou instabilidade atmosférica, o que favoreceu a formação de nuvens Cumulonimbus (Cb). São elas que estão associadas a precipitações intensas e rajadas de ventos.

Maiores rajadas

No ranking das maiores rajadas entre quarta e quinta, Fortaleza aparece em primeiro, com 49,31 km/h, conforme os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Confira o ranking das demais cidades:

  • Iguatu - 40,32 km/h
  • Jaguaruana - 35,64 km/h
  • Crateús - 28,08 km/h
  • Morada Nova - 28,08 km/h
  • Barbalha - 21,24 km/h

Neste ano de 2021, a maior rajada de vento no Ceará foi registrada, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Morada Nova, no dia 18 de março (61.2km/h). Em seguida aparecem Iguatu, que observou no dia 14 de abril ventos de 59.7km/h, e novamente em Morada Nova, no dia 19 de abril (56.1km). A rajada de vento observada entre quarta-feira e hoje (13) em Fortaleza é a quarta mais forte no ano. 

Escala de Beaufort, que faz classificação da intensidade dos ventos define rajadas entre 39 e 49 km/h como vento fresco. Nesse caso, eles podem causar impactos em ramos de árvores ou fios de postes.

Previsão para quinta

Ainda segundo a Funceme, as chuvas podem continuar em todas as macrorregiões, principalmente no litoral, Jaguaribana e Maciço de Baturité.

No interior, elas têm maior possibilidade de ocorrência no fim da tarde e no início da noite. Enquanto isso, ao norte do Ceará elas devem continuar no início desta tarde. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza