Morre jornalista Mário Costa, aos 45 anos

Jornalista atuava na área da educação como professor universitário

Escrito por Redação,

Metro
Mário Costa passou pela TV Diário e TV Verdes Mares
Legenda: Mário Costa passou pela TV Diário e TV Verdes Mares
Foto: Reprodução/Instagram/YouTube

O jornalista e professor universitário Mário Fabiano Costa Roseno, 45, faleceu no último sábado (4), vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico. Natural de Caruaru, Pernambuco, onde foi sepultado no domingo (5), ele ficou conhecido por sua passagem como repórter na TV Verdes Mares e TV Diário.

Mário Costa chegou a entrar ao vivo em diferentes edições do 'Bom Dia Brasil', na TV Globo. Em 2008, ele participou do telejornal quando houve tremores no município de Sobral, interior do Ceará.

A Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) e instituições de ensino privadas onde o profissional trabalhou emitiram nota de pesar. 

Mário Costa em reportagem na TV Diário
Legenda: Mário Costa em reportagem na TV Diário
Foto: Reprodução/YouTube

"A Escola externa nossas condolências aos familiares e amigos, com os quais se solidariza neste momento de dor", lamentou a Esmec em comunicado. 

O velório e o sepultamento de Mário Costa aconteceram no cemitério Parque dos Arcos, em Caruaru, onde também está enterrado o pai do jornalista. Ele deixou esposa e filha.

Atendimento médico

Segundo Conceição de Maria Nogueira Martins, esposa de Mario, o jornalista sofreu o AVC na última quarta-feira (1º). "Ele sempre foi muito pontual. Sempre que eu mandava mensagem pra ele, no mesmo instante respondia. E, nesse dia, ele demorou um tempinho pra chegar em casa. Não respondeu [mensagem]. Já achei estranho", relatou Conceição.

Mario não voltou para casa. Em vez disso, Conceição recebeu uma ligação de um enfermeiro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Messejana informando que o jornalista estava lá e que havia sofrido um AVC.

Da UPA, Mario foi para o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), onde se submeteu a uma bateria de exames que constataram AVC hemorrágico. Ele ficou internado na unidade e chegou a apresentar melhora, mas na manhã de sábado, a esposa conta que recebeu a notícia de que o dano cerebral tinha aumentado e que, devido à falta de oxigenação no cérebro, Mario teria infartado. "Tentaram reanimar umas dez vezes", afirmou.   

Formação

Conforme o currículo Lattes de Mário Costa, ele era criminólogo, pesquisador, professor universitário com Mestrado Acadêmico em Filosofia na Universidade Estadual do Ceará (UECE). Graduado em Administração e Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Assuntos Relacionados