Mesmo sem aulas, alunos da rede municipal de Fortaleza vão receber merenda escolar

De acordo com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, serão feitos kits para serem distribuídos para os pais

Mesmo não havendo aulas, estudantes da rede pública municipal vão continuar recebendo merenda escolar durante o recesso escolar adotado para conter o coronavírus. A Prefeitura de Fortaleza suspendeu na última segunda-feira (16), as aulas da rede municipal até 31 de março.

Segundo o prefeito Roberto Cláudio, em reunião técnica, ficou decidido que serão montados kits para serem distribuídos para os pais. O kit segundo o prefeito será feito para durar vários dias. "Ontem [terça-feira] tomamos a decisão de montar um kit de alimentação que vai durar para vários dias. Ao invés de todo dia a criança ter que ir na escola vamos montar um kit de alimentação para durar por muitos dias".  

Roberto Cláudio explicou que o kit não será distribuído para os pais de forma simultânea. "Ele não vai ser entregue para todo mundo ao mesmo tempo. Vamos fazer um chamamento por turma, por série, ao longo da semana para poder garantir que a gente não tenha aglomerados". 

A entrega em diferentes horários aos pais visa evitar uma eventual aglomeração de pessoas.  "Tem escolas que têm até 1.200 alunos se você somar o período manhã e tarde. Você teria que servir um almoço simultâneo para 1.200 crianças na escola. Então, do mesmo jeito, eu estaria colocando sob risco de contaminação dessas crianças como também trabalhadores dessas escolas", disse. 

Postos de saúde vão receber reforço médico

Os postos de saúde da capital vão receber um reforço de 255 médicos devido ao aumento dos casos de coronavírus. Além disso, a Prefeitura de Fortaleza antecipou a convocação de 100 médicos do Programa Médico Família Fortaleza. Outros 155 profissionais devem vir do Programa Mais Médicos para atuar em Fortaleza. Os primeiros 100 médicos devem atuar até o fim de março e os outros 155 vão iniciar os trabalhos em abril.

Coronavírus no Ceará

O Ceará tem 11 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, segundo boletim divulgado pela Secretária da Saúde do Ceará (Sesa) nesta terça-feira (17). Os pacientes infectados residem em Aquiraz (1), Fortaleza (9) e São Paulo (1).

Veja parte das medidas adotadas pela prefeitura: 

  • Decreto de situação de emergência em saúde em decorrência da Covid-19
  • Suspensão das aulas presenciais em todas as escolas da rede públicas no período de 20 a 31 de março
  • Proibição de eventos que reúnem público superior a 100 pessoas
  • Eventos esportivos em Fortaleza somente poderão ocorrer com portões fechados
  • Higienização com água sanitária e álcool em todas as superfícies dos transportes coletivos
  • Envio de ofício à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) solicitando a suspensão de voos internacionais para o Ceará
  • Suspensão pelo prazo de 15 dias os eventos esportivos, sociais e culturais voltados à terceira idade para evitar aglomerações
  • Cancelamento, por 30 dias, do gozo de férias e licença prêmio dos profissionais da área da saúde no município de Fortaleza

TRANSMISSÃO E CUIDADOS

O novo vírus é transmitido por vias respiratórias, pelo ar, e por gotículas de saliva que saem em um espirro ou tosse, por exemplo, e também podem ser transferidas por contato físico ou superfícies contaminadas.

SINTOMAS

Os principais sintomas são tosse seca, febre e cansaço. Algumas pessoas podem sentir dores no corpo, inflamação na garganta, congestionamento nasal e diarreia.

PREVENÇÃO

As pessoas devem ter cuidado com a higienização das mãos e evitar tocar mucosas do olho, nariz e boca.

Tire as dúvidas sobre o novo coronavírus: 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia do Covid-19, no dia 11 de março. O órgão alertou que o número de pacientes infectados, de mortes e de países atingidos deve aumentar nos próximos dias e semanas.

O termo pandemia se refere ao momento em que uma doença já está espalhada por diversos continentes com transmissão sustentada entre as pessoas.

Casos confirmados no Brasil

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza