HGF, Hospital do Coração e César Cals terão anexos com 150 leitos para tratamento de coronavírus

A medida foi anunciada pelo governador Camilo Santana em live na tarde desta terça-feira (24)

Legenda: HGF, Hospital César Cals e Hospital do Coração de Messejana receberão anexos para tratamento exclusivo de coronavírus
Foto: Foto: José Leomar

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, na tarde desta terça-feira (24), a construção de anexos temporários a três hospitais de Fortaleza para tratamento exclusivo de pacientes com o novo coronavírus. As unidades em questão são o Hospital Geral de Fortaleza (HGF, no bairro Papicu), Hospital Geral Dr. César Cals (Centro) e Hospital do Coração Dr. Carlos Alberto Studart (Messejana). Cada um dos hospitais de campanha terão 50 novos leitos.

A implantação das ampliações será iniciada nesta quarta-feira (25). A escolha pelos três hospitais, conforme Camilo, é para aproveitar a estrutura já existente nas unidades. 

"A ideia também é que a gente possa ampliar esses leitos e essas estruturas para os hospitais regionais. Mas a grande maioria dos casos se concentra em Fortaleza e na Região Metropolitana", disse Camilo, justificando a ampliação do atendimento na capital. Nesta terça-feira, a Secretaria da Saúde anunciou 185, sendo 170 deles em Fortaleza.

Suspensão dos cortes de luz

O chefe do Executivo estadual pontuou ainda, durante a live, que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta terça-feira que não fará cortes no fornecimento de energia para famílias de baixa-renda em todo o Brasil. Além disso, afirma que mantém contato com a Enel, distribuidora de energia no Ceará, na tentativa de isentar as famílias mais vulneráveis do pagamento das contas nos próximos meses. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados