'Era da igreja pra casa e do colégio pra casa', diz padrasto de coroinha morto por bala perdida

Ronald Oliveira foi atingido na cabeça durante tiroteio na Travessa Joel Pinheiro

Legenda: Missa de sétimo dia do coroinha Ronald Oliveira, morto por bala perdida

Familiares e amigos participaram da missa de sétimo dia do coroinha Ronald Miguel Freitas de Oliveira, de 15 anos, morto ao ser atingido por bala perdida no bairro Jacarecanga, em Fortaleza, neste sábado (30). A missa foi celebrada na capela Bom Pastor, na avenida Filomeno Gomes. 

Padrasto da vítima, Francisco Vieira conta que o garoto “não tinha problema com nada” e só saía de casa para ir ao colégio e à igreja. 

"Ele era um menino bom, estudioso, queria ser padre. Era da igreja pra casa e do colégio pra casa. Um menino excelente, não tinha problema com nada, envolvimento com nada de errado. Um anjo de luz, uma pessoa boa", comenta o padrasto. 

Esta é uma imagem.
Legenda: Ronald Miguel Freitas de Oliveira, de apenas 15 anos, foi executado após voltar de uma celebração em uma igreja, conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Foto: Foto: Arquivo Pessoal

A tia de Ronald Oliveira destaca a lembrança da alegria do menino sempre que os dois se encontravam. 

“Ele era um menino bom, muito estudioso, dedicado à igreja. Sempre que ele me via era aquela alegria toda, dava a benção. Muita saudade, né”, relembra Maria Eugênia. 

A família confirma que houve tiroteio no bairro no dia da morte do adolescente, mas não há informações sobre os culpados.  

O caso está sendo investigado pela polícia. 

Ronald Oliveira foi atingido na cabeça durante tiroteio entre criminosos na Travessa Joel Pinheiro, no bairro Jacarecanga. O garoto havia acabado de voltar da missa e conversava com a mãe na calçada de casa quando o fato ocorreu.

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo da cidade de Fortaleza?

Assuntos Relacionados