Dourado Tapeba: liderança indígena é um dos primeiros vacinados contra Covid-19 no Ceará

Um dos seis primeiros cearenses vacinados, hoje, Dourado Tapeba diz que espera que a vacina chegue a todos os povos indígenas do Ceará

Legenda: Dourado Tapeba é o primeiro indígena vacinado no Ceará
Foto: Thiago Gadelha

O indígena Antônio Ricardo Domingos da Costa, “Dourado Tapeba”, de 59 anos, está entre os seis primeiros cearenses a receber a vacina contra a Covid-19, nesta segunda-feira (18). Embora nunca tenha sido infectado pelo vírus, o líder indígena se sente lisonjeado com o convite para ser vacinado. 

"Há uma dificuldade muito grande do nosso segmento [indígenas] ter acesso a esses benefícios [vacinas]. A minha expectativa é que essa vacina possa ser ofertada a todos os povos indígenas do Ceará e pra toda a população", disse.

Dourado Tapeba perdeu um primo para a doença e defende que, mesmo após a imunização, sejam mantidos todos os cuidados sanitários, como o uso de álcool em gel e máscara, além do respeito ao distancialmento social.  

"Depois que a gente for imunizado, vai demorar ainda pra [vacina] fazer efeito", explica. "A gente sabe que essa doença é invisível e a gente só pode ser curado através da vacina", diz, parabenizando o trabalho da comunidade científica, em tempo recorde.

Dourado Tapeba atua como assessor de controle social e gestão do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) no Ceará, trabalhando em defesa da melhor qualidade da saúde indígena nas aldeias. O líder indígena é um dos fundadores da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e também do Fórum Permanente dos Presidentes dos Conselhos Distritais de Saúde Indígena, que abrange os 34 DSEIs.

Cinco profissionais de saúde e um indígena serão os primeiros vacinados contra a Covid no Ceará. Confira a lista: 

1. Maria Silvana Souza Reis, 51 anos, técnica de enfermagem

2. Maria de Jesus de Oliveira Lima, 56, serviços gerais. 

3. Francisco Adailton Alencar Braga, 55 anos, médico de intensivista. 

4. Cristine  Aparecida da Cunha, fisioterapeuta, 39

5. Regiane Sousa Torres, enfermeira, 34 anos

6. Dourado Tapeba, liderança, indígena do Polo Caucaia, 59 anos

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza