Confira listas de crianças agendadas para vacinação neste fim de semana em Fortaleza

Após serem imunizadas, as crianças deverão ficar de 15 a 20 minutos em observação

Escrito por Redação,

Metro
braço de menina sendo vacinado
Legenda: Inicialmente, serão contempladas as crianças residentes em Fortaleza com 11 anos
Foto: Shutterstock

A Prefeitura de Fortaleza divulgou as primeiras listas com os nomes das crianças agendadas para a vacinação contra a Covid-19 neste sábado (15), domingo (16) e segunda-feira (17). No fim de semana, serão imunizadas 400 crianças com 11 anos, nascidas em janeiro de 2010.

A Capital cearense vai iniciar a imunização deste público neste sábado e seguirá em ordem decrescente, até atingir a faixa etária dos 5 anos.

>> Veja lista de crianças agendadas para a primeira dose neste sábado (15)

>> Veja lista de crianças agendadas para a primeira dose neste domingo (16)

>> Veja lista de crianças agendadas para primeira dose nesta segunda-feira (17)

Após receber a vacina, as crianças deverão ficar de 15 a 20 minutos em observação. O atendimento ocorre exclusivamente por agendamento.

Até o momento, o único local onde haverá vacinação para o público infantil é o Centro de Eventos de Fortaleza, no Salão Icapuí. Foram convocados cerca de 100 profissionais da área da saúde para atuarem no equipamento, neste fim de semana, a partir das 9h.

O Ceará recebeu, nesta sexta-feira (14), as primeiras unidades infantis da vacina desenvolvida pela Pfizer. As 55.100 doses serão usadas na imunização das crianças entre 5 e 11 anos no Estado. 

Menor número de agendados 

Em entrevista concedida ao Diário do Nordeste, a titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Ana Estela Leite explicou que é devido à recomendação de observação das crianças no pós-vacina que a Pasta decidiu começar "com um agendamento de menor número".

"Queremos evitar aglomeração no local de vacinação. No Centro de Eventos temos ambulância com suporte avançado. Existe todo um aparato para que tenhamos uma campanha dentro de todos os rigores, critérios", destaca a secretária.

"Faremos agendamento reduzido por bloco de horas para que as crianças não esperem tanto. Se mudarem os horários isso pode causar transtornos. Pedimos aos familiares, acompanhantes que estejam no local no horário e data agendada"
Ana Estela Leite
Titular da SMS

Documentação

A Secretaria destaca que é preciso levar o cartão nacional de saúde da criança, documento de identificação da criança (registro de nascimento, passaporte, identidade) e documento de identificação original do responsável ou acompanhante para o ato da vacinação presencial. 

Ana Estela Leite pede atenção dos familiares para que acompanhem as listas divulgadas diariamente: "Nosso planejamento é que eles cheguem e sejam rapidamente atendidos e vacinados. É diferente se tratar com o público de crianças. Já temos uma história de mudança de perfil epidemiológico, de erradicar muitas doenças com as vacinas. Pedimos que cadastrem essas crianças".

PASSO A PASSO PARA O CADASTRO NO SAÚDE DIGITAL 

  1. Acesse o site Saúde Digital
  2. Selecione a opção "Ainda não tenho cadastro"
  3. Identifique-se preenchendo corretamente seus dados
  4. Nesta etapa do cadastro, deve ser informado se a pessoa está acamada, se tem alguma comorbidade e profissão
  5. Confirme seus dados e crie uma senha de acesso ao cadastro
  6. Finalize o cadastro e aguarde seu agendamento
  7. Em Fortaleza, é possível acompanhar a lista de agendados no site. Os nomes são divulgados diariamente

E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO DO CADASTRO NÃO CHEGOU

Nesse caso, cheque todas as caixas do seu e-mail como "spam" e "lixeira". Caso não encontre a mensagem, a Sesa disponibiliza o telefone gratuito 0800 275 1475 para questionamentos sobre o Cadastro Estadual de Vacinação. 

No site da Sesa e do Governo do Ceará está disponível também o assistente virtual "Plantão Coronavírus". 

COMO ACESSAR O CADASTRO DE VACINAÇÃO? 

Quem deseja acessar o seu cadastro deve entrar na plataforma Saúde Digital e clicar em "Já tenho cadastro". O acesso é feito com o CPF e a senha criada no ato do cadastramento. 

ALTERAÇÕES NO CADASTRO

Para quem vai se vacinar, é permitido mudar somente o número de telefone fornecido após a conclusão do cadastro. Já para as gestões municipais, é possível criar e alterar perfil para vacinadores e a liberação de agendadas por comorbidade.