Casos de Covid-19 chegam a 131 mil no Ceará; 6.741 óbitos foram registrados pela doença

O Estado já testou mais de 331 mil pessoas, conforme o último boletim da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

A volta para casa é uma vitória coletiva, mas exige cuidados e uma nova rotina aos pacientes. Até agora, já foram recuperadas mais de 100 mil pessoas no Ceará
Legenda: A volta para casa é uma vitória coletiva, mas exige cuidados e uma nova rotina aos pacientes. Até agora, já foram recuperadas mais de 100 mil pessoas no Ceará
Foto: Helene Santos

O número de casos confirmados de Covid-19 no Ceará chegou a 131.000 na tarde desta quinta-feira (9). Outros 69.220 casos estão em investigação. Já foram contabilizados 6.741 óbitos em decorrência da doença desde o início da pandemia no Estado. Os números são da plataforma IntegraSUS, atualizados às 13h54 desta quinta-feira (9) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). 

 

A quantidade de testes aplicados para detecção da doença é 331.606. O Estado mantém a taxa de letalidade em 5,1%. Já a taxa de de ocupação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é de 71,16%. A de enfermaria está em 41,94%. Em contrapartida, 104.027 pessoas já se recuperaram da doença pandêmica.

A capital cearense segue concentrando o maior número de diagnósticos positivos, com 37.713 registros e 3.453 óbitos. Na sequência, em número de casos, aparece Sobral, na Região Norte, com 7.877 infectados e 253 mortes. Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), os maiores números estão em Maracanaú, com 4.268 casos e 214 óbitos e Caucaia, com 4.134 notificações positivas e 299 óbitos por covid-19. 

Outros 1.789 casos estão “sem informações” de origem, conforme o boletim da Sesa.

Os números divulgados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detecção da presença do vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.