Casarão da Cidade das Crianças manterá características originais depois da reforma

No projeto do arquiteto Yuri Nobre, o local será revitalizado com as cores padrão e ocupado por um restaurante

O arquiteto garante que a estrutura original da casa será preservada no novo projeto
Legenda: O arquiteto garante que a estrutura original da casa será preservada no novo projeto
Foto: Kid Jr

A Cidade das Crianças, também conhecida como Parque das Crianças, reúne belezas que resistem ao tempo e viraram patrimônio de Fortaleza. Um deles é o casarão, que assim como todo o local, será reformado seguindo o projeto da equipe coordenada pelo arquiteto Yuri Nobre, vencedor do Concurso de Ideias, que foi promovido pela Prefeitura em 2018. A proposta é que o local se torne um ambiente de lazer e seja ocupado por um restaurante.
 
Sobre a estética do casarão, Yuri ressalta que as cores originais serão apenas revitalizadas. O branco tomará conta de toda a fachada e o vermelho, azul e amarelo virão nos detalhes, adornos e guarda-corpo.
 
O arquiteto garante que a estrutura original da casa será preservada no novo projeto. “A estrutura será totalmente mantida. Tivemos essa preocupação com a história do parque, entendendo como um local de nostalgia. Vai ser tudo restaurado. As casas serão mantidas exatamente como são”.
 
Yuri destaca que para construir o projeto de restauração do casarão, e do local como um todo, foi necessário estudar profundamente o passado. “Esse trabalho foi pautado em uma pesquisa histórica gigantesca. A gente trouxe um conceito de patrimônio para fazer uma releitura”, explica. Ele conta ainda que uma das primeiras ocupações do casarão foi como diretoria de uma escola que ficava localizada dentro do parque.
 
A ideia inicial planejada pelo vencedor do Concurso de Ideias é fazer com o local seja habitado por um restaurante, o que ainda não foi oficializado pela Prefeitura de Fortaleza. No projeto, o casarão dispõe de mesas ao seu redor e área para exposições e coffee break.  
 
Reforma
 
As obras de revitalização da Cidade das Crianças, segundo a Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), começaram em junho deste ano. Na última quarta-feira (12), as equipes responsáveis retiraram uma espécie de “puxadinho” que foi anexado ao casarão, sem fazer parte da estrutura original.
 
Mesmo após vários estudos para formular o projeto, Yuri não encontrou ao certo quando a pequena área de aproximadamente 2m² foi construída, mas revela que em fotos antigas do local, ela não está presente. “É parecido com um banheiro, ou despensa. Deve ser menor que um lavabo”, enfatiza o arquiteto. A supressão dessa estrutura, informa a Seinf, possibilitará a recuperação da arquitetura original do casarão.
 
As mudanças serão poucas. Nobre destaca as rampas destinadas à acessibilidade e a instalação de luzes, que têm o papel de levar mais vida ao local durante a noite. “A fachada vai continuar com a mesma leitura, mas totalmente restaurada, e vai receber uma iluminação cênica”, disse o profissional.
 
Obras
 
Conforme a Secretaria Municipal da Infraestrutura, as obras da Cidade das Crianças e da Praça Coração de Jesus devem durar cerca de 12 meses e estão orçadas em R$ 8,4 milhões.
 
O projeto de requalificação da área total de 27 mil m² da Cidade das Crianças inclui, ainda, a criação de novos espaços como a Casa do Ciclista, que contará com bicicletário e vestiários, cafeterias, restaurantes, a construção do Memorial da Liberdade, bem como prédios para administração, Guarda-Municipal, Apoio ao Visitante e um circuito de ilhas pedagógicas com diversos brinquedos e espaços lúdicos instalados em toda a região do parque.
 
O arquiteto Yuri Nobre conta que os aparelhos infantis foram idealizados com base na teoria das “7 inteligências”, do psicólogo Howard Gardner, com o objetivo de estimular cognitivamente as práticas linguística, lógica, motora, espacial, musical, interpessoal e intrapessoal. “Nós queríamos resgatar esse significado de ‘Cidade das Crianças”, admite.

Você tem interesse em receber mais conteúdo da cidade de Fortaleza?


Redação 20 de Setembro de 2020